A ilha digital onde quem sabe faz e ensina

Buscar

Comunicação

Publicidade

A ilha digital onde quem sabe faz e ensina

Christian Olsson, sócio-diretor da Hyper Island, explica ao M&M Entrevista como é a formação dos talentos digitais na celebrada instituição sueca

Robert Galbraith
4 de abril de 2011 - 6h52

Nunca o mundo precisou tanto do talento digital. Para tentar aplacar a demanda por profissionais que trafegam sem solavancos no mundo digital surgiu há 15 anos na Suécia a Hyper Island. A proposta, no entanto, não se limitava apenas em oferecer um conteúdo didático novo mas de apresentá-lo de uma forma completamente distinta das metodologias acadêmicas.

É o que conta Christian Olsson, sócio-diretor da Hyper Island, que esteve recentemente no Brasil a convite da Sinc para realizar workshops promocionais e entrevistar candidatos às 280 vagas oferecidas anualmente em seus celebrados cursos, onde em vez de salas de aula e provas os alunos encontram briefings e prazos para entregar trabalhos.

"Reproduzimos o ambiente e a rotina de trabalho de uma agência", conta Olsson. Para ele, o sucesso da Hyper Island está na fórmula pedagógica inovadora e na crescente demanda por profissionais com sólida formação nas disciplinas digitais. "A carência por mão de obra digital não é um problema exclusivo do mercado brasileiro. O mundo todo sofre com essa falta", afirma. 

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”