BETC: alternativa às redes anglo-saxãs

Buscar

Comunicação

Publicidade

BETC: alternativa às redes anglo-saxãs

Felipe Turlao
13 de agosto de 2012 - 8h38

 A BETC atraiu as atenções no Festival de Cannes deste ano por causa do comercial “The Bear”, para Canal+, que mostrava um tapete de urso que ganhou vida e passou a dirigir filmes. A ideia pitoresca, vencedora de Grand Prix em FilmCraft Lions e de Ouro em Film Lions, surgiu de um processo criativo fortemente amparado nas raízes latinas da agência francesa.

É justamente este DNA que Remi Babinet, fundador da empresa, acredita que pode fazer a diferença quando a agência vier para o Brasil, já que ele pretende posicionar a BETC como uma alternativa a micro redes anglo-saxãs como Wieden+Kennedy e BBH – o escritório deverá ser aberto em São Paulo em 2013, estabelecendo uma micro rede global presente também em Paris e Londres, onde já existem operações, além de Mumbai e Xangai.

Conheça um pouco mais sobre o que pensa o homem que, além do tapete de urso, dirigiu a criação dos bebês patinadores do famoso comercial viral de Evian.

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”