Conar adverte blogueiras e Sephora

Buscar

Comunicação

Publicidade

Conar adverte blogueiras e Sephora

Blogs e anunciante negam posts pagos e órgão recomenda que a relação entre conteúdo e publicidade seja mais transparente, para evitar confusão dos leitores


20 de setembro de 2012 - 12h43

O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) julgou na quarta-feira, 19, o caso dos supostos posts pagos da Sephora em três blogs de moda. O órgão advertiu a Sephora e as blogueiras Thassia Naves, Mariah Bernardes e Lala Rudge.

Fez, ainda, recomendação de que anunciante e blogueiras encontrem uma saída para não confundir os leitores deixando claras quaisquer relações comerciais entre as partes. Para o órgão, a divisão entre conteúdo editorial e publicidade deve ficar mais clara.

No final de agosto, cerca de 50 consumidores recorreram ao Conar acusando as páginas pela publicação de posts pagos sem identificação de seu caráter publicitário (entenda o caso aqui e aqui). Na defesa enviada ao órgão, blogs e anunciante negaram a prática.

A Sephora alegou que anuncia nos blogs e, em paralelo, envia produtos via assessoria de imprensa para as autoras. Elas, então, decidem ou não se vão tornar aquilo em conteúdo editorial. Essa linha tênue – e a confusão que gera – motivou a recomendação do órgão.

À época da polêmica, a Sephora enviou nota à imprensa dizendo que "respeita a integridade editorial dos blogs que citam a empresa e entende que os mesmos têm liberdade de publicar e dar opiniões sobre produtos e marcas, sejam elas positivas ou negativas. Independentemente da compra de espaços publicitários em veículos online, a Sephora convida os autores dos blogs a expressar suas opiniões sobre nossos produtos. De maneira alguma a Sephora tenta influenciar no conteúdo de qualquer resenha que seja publicada na internet ou em qualquer outro meio". No comunicado, a empresa não confirmava ou negava se comprara os posts nos blogs advertidos pelo Conar. 

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”