Quem Disse, Berenice quer um mundo sem regras

Buscar

Comunicação

Publicidade

Quem Disse, Berenice quer um mundo sem regras

Marca pede mais liberdade e diversão na hora de se maquiar


6 de setembro de 2013 - 12h42

Batom vermelho não combina com sombra azul. Blush muito forte é over. Rímel colorido dá aparência infantil. O universo das maquiagens é cheio de regras. Para estimular suas consumidoras a quebrá-las, a Quem Disse, Berenice lança uma ação em prol de mais liberdade, aceitação e diversão na hora de se maquiar.

Sem atrelar seu nome diretamente à iniciativa, a marca criou uma personagem chamada Maria Berenice, uma mulher sem expressão e cheia de medos. Desde o início de agosto, a protagonista postou mensagens de incentivo e perguntas sobre autoestima no Twitter e no Instagram. Na segunda fase, o avatar ganhou corpo e foi levado para as ruas em instalações pela cidade de São Paulo.

Dois vídeos para a internet foram ativados por blogueiras de moda e beleza, que também divulgaram informações sobre Maria Berenice. Na última quinta-feira, a marca esclareceu que estava por trás do projeto. “O conceito dessa campanha é o mesmo da marca. Queremos aproveitar o lançamento nacional de Quem disse, Berenice para explorar essa tensão. Por que tanto medo de errar?”, questiona Fernando Campos, da Santa Clara, que, em parceria com a Wieden+Kennedy, Nova Comunicação e Super, assina a estratégia da campanha.

O projeto tem forte concentração no meio digital e continuará rendendo ativações ao longo do segundo semestre.

Confira os primeiros filmes da campanha: 

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”