Cenp quer aproximar profissionais das normas

Buscar

Comunicação

Publicidade

Cenp quer aproximar profissionais das normas

Grupo de Atendimento (GA) torna-se sócio aderente do conselho e é segunda entidade de representação de profissionais a fazê-lo

Felipe Turlao
2 de junho de 2015 - 1h45

 O Grupo de Atendimento (GA) tornou-se sócio aderente do Conselho Executivo das Normas-Padrão (Cenp) nesta terça-feira, 2. O acordo foi assinado por Marcio Oliveira, presidente da Lew´Lara\TBWA e do GA, e Caio Barsotti, presidente do Cenp, na sede do conselho.

Esta é a segunda entidade de representação de profissionais da atividade publicitária a formalizar sua relação com a entidade – a primeira foi a Associação dos Profissionais de Propaganda (APP), presidida por Ênio Vergeiro, diretor regional da Rede Bahia.

O objetivo do Cenp, agora, é incitar mais entidades de representação profissional a assinarem acordos de adesão às normas-padrão. A lógica é simples: além de agências e seus líderes, é interessante que profissionais de publicidade conheçam as normas-padrão, ou “regras do jogo”, como definiu Barsotti, durante a assinatura do acordo com o GA.

“As pessoas precisam entender porque o mercado funciona dessa maneira e entender a importância de mantermos a força do nosso modelo”, resume o presidente do Cenp. “Muitos profissionais Brasil afora realizam negócios sem entender porque o negócio é desse jeito. Vemos muitos desavisados criando constrangimentos ao funcionamento do modelo”, analisa.

No caso da parceria com o GA, não se trata de um acordo qualquer, já que a entidade representa um setor que, muitas vezes, é responsável pela gestão da agência. Alguns dos principais CEOs da publicidade brasileira vieram do setor e tantos outros devem assumir cargos de alta liderança no futuro. “A gestão do profissional de atendimento alinhada ao conhecimento das normas torna mais clara a beleza de nosso modelo e a necessidade de sua preservação”, afirma Barsotti.

Relação formalizada

Vivendo seu segundo ano de vida corporativa, o GA, segundo Oliveira, percebeu que já havia se estruturado o suficiente e que já era hora de formalizar a relação com o Cenp. “O profissional precisa conhecer a regra do jogo. Muita gente, especialmente na gerência média, não sabe o que é o Cenp. São pessoas que estão no contato diário com os clientes. Por isso, precisávamos dessa aproximação à entidade”, analisa o presidente do GA.

Ex-presidente da entidade, Marcelo Passos, vice-presidente de atendimento da DM9DDB tem assento no conselho executivo do Cenp. Esse fato demonstra, segundo o próprio, a proximidade entre GA e Cenp. “As normas-padrão sempre estiveram na essência do Grupo de Atendimento. Em nosso estatuto, por exemplo, determinados que só podem fazer parte da diretoria da entidade as pessoas que sejam de agências certificadas pelo Cenp”, afirma Passos.

A expectativa do Cenp é que as parcerias com a APP e, agora, GA, possam instigar outras entidades profissionais a buscarem os caminhos para tornarem-se sócias aderentes do conselho, como forma de fortalecer as normas-padrão.

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”