Boo-box FTPI apresenta sua marca

Buscar

Comunicação

Publicidade

Boo-box FTPI apresenta sua marca

Resultante da compra da boo-box pela FTPI Digital, empresa quer ampliar soluções no ambiente digital para os clientes


26 de janeiro de 2016 - 10h02

Oferecer as melhores soluções para os clientes no universo digital, conectando a mensagem publicitária ao conteúdo daquele ambiente de forma natural e criativa. Esse é o objetivo da boo-box/ftpi, que apresenta nesta semana sua nova identidade visual e os novos formatos que pretende oferecer ao mercado.

Resultante da compra da boo-box pela FTPI Digital, realizada em outubro de 2015, a empresa preservou o DNA das duas operações no nome e na filosofia de atuação. “A FTPI Digital era uma representante de vendas de mídia para os veículos, com um grande histórico de atuação e com boa capacidade criativa. E a boo-box sempre teve uma característica inovadora, de adnetworking com formatos diferenciados e um grande poder de distribuição. Hoje, somos a somatória dessas duas forças”, declara Guga Mafra (foto), CEO da boo-box FTPI. Na ocasião da venda, o fundador da boo-box, Marco Gomes, bem como os demais acionistas da empresa, deixaram o negócio.

Segundo Mafra, a nova boo-box/ftpi tentará mudar a ideia de que a publicidade online é algo dissociado do conteúdo. “Temos diversas maneiras para transmitir mensagens e ações, tanto em nossos verticais como nos mais de 700 mil sites que compõem a rede. A boo-box/ftpi consegue tanto criar conteúdo personalizado para as marcas em determinados veículos, através de branded channel, native advertising e branded content, como também distribuí-los por segmentação e aderência a temas”, explica. 

Além dos sites que compõem o inventário, a empresa também comercializa mídia para verticais como Jovem Nerd, DynAdmic, Spotify, Sensacionalista, Catraca Livre e, Tecnoblog. A ideia, segundo Mafra, é agregar outras plataformas a essa lista. Apesar do momento de instabilidade econômica, a expectativa da empresa é boa. “Quando os investimentos em publicidade se retraem, a internet leva vantagem por ser uma mídia de custo diferente e com maior capacidade de mensuração. Acredito que iremos ser uma das alavancas da retomada do crescimento do mercado”, projeta. 

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”