Grupo RMA compra a Perspectiva Comunicação

Buscar

Comunicação

Publicidade

Grupo RMA compra a Perspectiva Comunicação

Holding absorve todos os clientes da agência de relações públicas

Alexandre Zaghi Lemos
16 de novembro de 2016 - 11h27

Luciana Vidigal, Augusto Pinto, Isabella Malucelli e Marcio Cavalieri: reforço B2C no Grupo RMA

Luciana Vidigal, Augusto Pinto, Isabella Malucelli e Marcio Cavalieri: reforço B2C no Grupo RMA

No ano em que completa 15 anos de mercado, o Grupo RMA reforça sua atuação com a compra da Perspectiva Comunicação, agências de relações públicas fundada pela jornalista Luciana Vidigal há 17 anos.

Com a aquisição, a holding passa a operar com quatro empresas: a RMA Comunicação, principal agência de relações públicas do grupo, com grande foco em clientes B2B; a Hook Digital, lançada em 2014 com foco em inbound marketing; e outras duas empresas de PR, que também auxiliam o grupo a acomodar contas conflitantes: a BrainStory, que está em seu segundo ano de mercado e atua com conceito de design thinking; e, agora, a Perspectiva Comunicação, que reforça a atuação do conglomerado no segmento B2C, com clientes como Chrysler, Polenghi, Robert Half, baterias Heliar, Abicab e Integração Escola de Negócios.

No futuro, há possibilidade de fusão entre BrainStory e Perspectiva, mas os sócios do Grupo RMA dizem que esse não é o momento de definir isso. Por enquanto, as marcas serão dirigidas pela CEO Isabella Malucelli. “A ideia inicial é oferecer para os dez clientes da Perspectiva todas as outras soluções do Grupo RMA”, frisa Luciana Vidigal. “Passada a fase inicial de incorporação da Perspectiva, quando todos os clientes estiverem confortáveis com a mudança, a Luciana irá comandar uma área de novos negócios para todo o Grupo RMA, com foco em digital e inbound marketing”, diz o sócio fundador Augusto Pinto. “Hoje é comum o cliente fazer um contrato com o grupo, independente da marca que vai atendê-lo. A BrainStory, por exemplo, tem um núcleo de planejamento estratégico que atende todas as empresas do grupo”, completa Marcio Cavalieri, CEO da RMA Comunicação.

Sem considerar a incorporação da Perspectiva, o Grupo RMA trabalha com a previsão de fechar o ano com faturamento 20% maior que o do ano anterior. Já considerando os dez funcionários da Perspectiva, o Grupo RMA emprega 120 colaboradores.

Os sócios do Grupo RMA não negam que o movimento de expansão é uma reação à internacionalização do setor. Embora a maioria das empresas de relações públicas atuantes no mercado brasileiro seja de capital nacional, é inegável o avanço das multinacionais nos últimos anos. Para médias agências, uma alternativa à venda para os grandes grupos globais é justamente o ganho de porte via aquisições de empresas menores.

“Precisamos de volume para ser um sobrevivente neste jogo pesado dos gigantes globais, como WPP e IPG. O outro viés de crescimento é o digital. Estamos de olho em oportunidades nesta área, onde a grande maioria das empresas pelo Brasil está abaixo da linha de R$ 3 milhões de faturamento”, adianta Augusto Pinto.

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”