Por conta de campanha, DM9 rompe com Easy Taxi

Buscar

Comunicação

Publicidade

Por conta de campanha, DM9 rompe com Easy Taxi

Anunciante realizou campanha com a J.Walter Thompson e DM9 afirma não ter sido comunicada

Bárbara Sacchitiello
19 de abril de 2017 - 19h06

Easy-Ticket

Campanha “Ticket to ride”, assinada pela J.Walter Thompson, teria causado o fim da parceria entre a DM9DDB e o anunciante (Crédito: Reprodução)

Atualizada as 21h07

Uma saia-justa no mercado publicitário resultou no rompimento de parceria entre uma agência e um anunciante. No fim da tarde desta quarta-feira, 19, a DM9DDB enviou um comunicado à imprensa informando que estava “abrindo mão” da conta da Easy Taxi, que atendia desde dezembro de 2015.

Segundo o comunicado, a DM9DDB “foi surpreendida com uma nota falando sobre uma campanha no ar feita pela marca com outra agência e decidiu encerrar a relação.”

A reclamação se refere à campanha “Ticket to Ride”, feita pela J.Walter Thompson e divulgada nesta semana. A reportagem de Meio & Mensagem recebeu, da própria J. Walter Thompson, informações, ficha técnica e o material da campanha, que pretende usar os códigos de barra de multas de trânsito para gerar créditos nas corridas com os táxis da rede. O vídeo da campanha está publicado na página oficial da Easy Taxi no Facebook. Segundo a DM9DDB, a Easy Taxi não respeitou o contrato e teria feito a campanha com a J. Walter Thompson sem comunicar a agência.

A reportagem procurou a Easy Taxi para conhecer sua versão sobre o caso, mas ainda não obteve retorno. A J. Walter Thompson declarou que não comentará o assunto.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • DM9DDB

  • Easy Táxi

  • J. Walter Thompson

  • Agencias

  • Campanhas

  • Polêmica

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”