Effie College Brasil divulga finalistas de sua primeira edição

Buscar

Comunicação

Publicidade

Effie College Brasil divulga finalistas de sua primeira edição

Metade dos 12 grupos de alunos com trabalhos selecionados é da ESPM; e os demais da ECA-USP (3), Anhembi Morumbi, Cásper Líbero e FAAP

Thaís Monteiro
17 de outubro de 2017 - 8h00

Nesta segunda-feira, 16, foram anunciados os finalistas da primeira edição do Effie College, premiação realizada por Meio & Mensagem que contempla estudantes de comunicação e administração da capital paulista. Das escolas participantes, a ESPM é a que mais tem alunos entre os finalistas. Metade dos 12 projetos selecionados foi desenvolvida na escola. Em seguida, aparece a Escola de Comunicação e Artes (ECA-USP), com três equipes. Os demais grupos de alunos finalistas são da Anhembi Morumbi, FAAP e Faculdade Cásper Líbero (veja mais abaixo a lista com todos os nomes).

Atendendo à briefings de Hershey, Bradesco, Pantene e Camil, os trabalhos desenvolvidos pelas equipes compostas por três a quatro alunos foram avaliados na semana passada de acordo com quatro quesitos: Estratégia, Insight e objetivo; Criatividade; Execução da ideia; e Metodologia de medição de resultados.

Os júris foram compostos por profissionais das empresas clientes e de agências. Segundo Caio Delmanto, diretor de estratégias da CP+B e presidente do júri para os grupos de Pantene, foi uma ótima oportunidade para conhecer o “futuro do mercado” e o que os jovens colocam como prioridade. Ele e os demais presidentes de júris enalteceram o mérito dado aos estudos de comportamento e experiência com as marcas. “Eles prezam muito por ativações em PDV, por exemplo”, diz Caio.

Esse cuidado com o público-alvo se mostrou presente também na produção de conteúdo, outra estratégia valorizada pelos competidores, de forma segmentada. “Um deles até citou consultorias LGBTs”, aponta Flavia Campos, diretora de planejamento da Artplan, que presidiu o júri na Hershey. “Os trabalhos que se destacaram foram aqueles que conseguiam apresentar um olhar, um ponto de vista sobre o comportamento das pessoas mesmo que sua execução criativa não estivesse ainda tão bem desenvolvida”, completa Priscilla Ceruti, diretora de planejamento da Leo Burnett Tailor Made.

“Os trabalhos que se destacaram foram aqueles que conseguiam apresentar um olhar sobre o comportamento das pessoas”, diz Priscilla Ceruti, diretora de planejamento da Leo Burnett Tailor Made

O meio priorizado pelos trabalhos dos estudantes foi o digital. Dos 24 trabalhos apresentados para a Pantene, Caio diz que apenas dois não envolveram influenciadores como voz da comunicação. Todos tiveram as redes sociais como centro das ações e conteúdos exclusivos para cada plataforma. Segundo ele, a TV era apenas um suporte para levar o público ao digital.

Para Priscilla, o processo também foi positivo para dar novos insights sobre uma comunicação com a qual ela já está acostumada. A executiva foi presidente do júri dos trabalhos para o Bradesco, banco atendido pela Leo Burnett Tailor Made. “A maior parte das propostas respeitou o posicionamento estratégico do banco, o que é fundamental e era um pedido do brief. Mesmo respeitando esse limite, alguns deles conseguiram, de forma bastante positiva, enxergar novos insights e fugir de alguns vícios que vamos adotando, de forma quase imperceptível, quando estamos no dia a dia do trabalho”, afirma.

Grupo de jurados dos cases para Camil (Crédito: Divulgação)

Por outro lado, os quatro presidentes dos júris concordam que os estudantes deveriam questionar mais e procurar orientação para responder aos briefings. “Apesar de estarem ente o 3º e 4º  ano, eles estão com muita dificuldade de clareza de briefing e entrega. Eles tiveram alguma dificuldade de contar histórias, uma narrativa bacana”, conta Flavia. Ela sugere que os estudantes consultem agências e absorvam tudo que o representante da marca pode fornecer de informação.

Para Lucas Machado, diretor de estratégias da Leo Burnett Tailor Made, que presidiu o júri que avaliou os cases de Camil, os alunos devem ousar mais. “Temos muitos trabalhos com excelente olhar estratégico, mas vimos pouca ousadia na maioria dos cases. Projetos como esse não têm amarras, não têm pressão, não têm budget. Esperamos sempre ver o potencial”, declara. Uma iniciativa ousada que, no entanto, deve ter qualidade e consistência em suas propostas. “Muitas vezes, cada um deles tinha clareza e fundamento, mas não conversavam entre si. Aqueles que conseguiram apresentar um case consistente, com começo, meio e fim, se destacaram”.

Os três projetos com as melhores notas para cada um dos quatro anunciantes concorrem ao prêmio, um por anunciante, que será entregue no dia 24 de outubro, no Teatro Santander, em São Paulo, na mesma cerimônia onde serão contempladas as categorias profissionais do 10º Effie Awards Brasil.

Confira os grupos de universitários finalistas da primeira edição do Effie College:

Desafio Bradesco:
– Tainá Soares Santos, Ana Carolina Ruiz Prado, Rodrigo Conduru e Lucca Leonardi – ESPM

– Liz Caroline Yau, Barbara Guimarães Murer, Nathalia Ferreira da Cunha e Carolina Nunes Guimarães – ESPM

– Júlio Vieira Santos Bernardes, Bruno Castro de Moraes Martins, Joao victor leao stigliani e Thiago Ribeiro de Oliveira – FAAP

Desafio Camil:

– João Pedro Dalio, Ayrton Sena, Raphael Missiatto e Wagner Miyasaki – ESPM

– Leonardo Juhasz de Oliveira Simões, Estela de Luca, Letícia Kosimenko e Natália Palharini – ESPM

– Rhiana Monteiro Ghissardi, Vitor Coelho Ribeiro, Otávio Augusto Conçalves e Diogo Cortez Verceze – ECA – USP

Desafio Hershey:

– Vanessa Kung, Gabriela Trevisioli, Luana Vinagre e Helena Camarero – ESPM

– Amanda Azevedo, Arthur Padilha de Lira, Jade Tzirulnik e Mariana Bauer – ESPM

– Vinícius Nicolau Stoian Pereira, Matheus Simões Silvério, Juliana Santos Araujo e Eduardo Costa Pereira – Faculdade Cásper Líbero

Desafio Pantene/P&G:

– Juliana Silva, Laura Sant’Ana, Marcos Kendi e Bruna Arthuso, com orientação da professora Ana Torezan – ECA-USP

– Artur Rodrigues Batista Santos, Angélica Souza Paixão, Isabela Soares Ferrarezi e Nathalia Victorino – Anhembi Morumbi

– Diego Koiti Tanaka, Mariana Munford Cestari e Mariana Munford Cestari – ECA-USP

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Leo Burnett Tailor Made

  • Artplan

  • hershey

  • Bradesco

  • Pantene

  • p&g

  • ESPM

  • Faap

  • Effie Awards Brasil

  • Effie

  • CP+B

  • Hershey's

  • Effie College

  • Anhembi Morumbi

  • Camil

  • Effie 2017

  • universitários

  • ECA

  • Faculdade Cásper Líbero

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”