Chevrolet, Isobar e Globo levam VR ao futebol

Buscar

Comunicação

Publicidade

Chevrolet, Isobar e Globo levam VR ao futebol

Montadora cria plataforma para proporcionar uma experiência 360º em alguns dos jogos da reta final do Brasileirão

Bárbara Sacchitiello
13 de novembro de 2017 - 11h23

(Crédito: reprodução)

Chevrolet, Isobar Brasil e Globo se unem em projeto que visa proporcionar uma experiência de imersão aos espectadores em algumas partidas do Campeonato Brasileiro. A partir dessa semana, quem acessar o site Torcedor 360 poderá ver alguns dos principais lances da partida entre Corinthians x Palmeiras, realizada no domingo, 5, pelo Campeonato Brasileiro.

Patrocinadora do torneio, a Chevrolet buscou a Isobar para criar uma ação de experiência que tem como objetivo apoiar a divulgação da SUV Equinox, novo modelo da montadora. Os lances da partida podem ser vistos com óculos de realidade virtual ou também sem o equipamento, via celulares, tablets ou notebooks. “Compreendemos VR como uma ferramenta de negócios, com enorme potencial de utilização e foi onde atuamos. Aliamos essa tecnologia ao alcance massivo da Globo, propiciando uma nova forma de consumir futebol no Brasil”, diz Abel Reis, CEO da Dentsu Aegis Network e da Isobar América Latina.

A iniciativa ainda contemplará outras duas partidas da série A do Brasileirão e, segundo o executivo, poderá ser incrementada no próximo ano. “Vamos avaliar a perenidade do projeto conforme os objetivos da Chevrolet”, destaca Abel.

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”