Alexandre Gama anuncia saída da Neogama

Buscar

Comunicação

Publicidade

Alexandre Gama anuncia saída da Neogama

Em comunicado enviado aos funcionários, o CEO e diretor executivo de criação da agência anuncia que, em 2018, se dedicará a empreender em um novo negócio

Bárbara Sacchitiello
1 de dezembro de 2017 - 8h54

Alexandre Gama fundou a agência em 1999 (Crédito: Arthur Nobre)

Fundador e líder criativo da Neogama, Alexandre Gama está de saída da agência. A decisão foi anunciada na manhã dessa sexta-feira, 1º de dezembro, em comunicado enviado aos funcionários da casa.

No texto a que a reportagem de Meio & Mensagem teve acesso, Gama apresenta os resultados do ano e finaliza anunciando que 2018 será um período de novos desafios. “É um ano de renovação e, no meu caso, de voltar a fazer aquilo que gosto e que penso que o Brasil precisa muito fazer no futuro, em várias áreas: empreender”, diz. “Acredito nas oportunidades que se abrem através da inovação, dos novos formatos e de tudo o que a tecnologia pode aportar na comunicação e nos negócios. E sei que tudo isso em mãos e mentes de gente talentosa e motivada é o que faz a diferença”, complementa o executivo, no comunicado.

No texto, Gama também comemora os resultados da Neogama em 2017, classificado por ele como “excepcional” para os negócios. “Foi um ano em que a agência ajudou clientes como Ypê, Boticário e Renault a crescerem significativamente em seus mercados”, destaca. O executivo ainda diz que a agência “caminha para fechar o ano com crescimento acima da meta”. O comunicado assinado por Gama não traz informações sobre o novo líder da operação. Procurada, a Neogama não comenta sobre o teor do comunicado.

Gama fundou a agência em 1999 e, em 2002, havia vendido uma participação minoritária ao Publicis Groupe. Em julho de 2012, em uma grande negociação, a holding francesa concluiu a compra de 100% da agência de Alexandre Gama e também da rede inglesa BBH, fundada por John Hegarty, Nigel Bogle e John Nartle. Na ocasião, Hegarty e Bogle deixaram as funções executivas na rede e, para dar continuidade ao trabalho criativo, escolheram Alexandre Gama para administrar a criação global da BBH.

No início de 2016, no entanto, Gama retornou ao Brasil e a agência deixou de fazer parte da rede BBH, passando a funcionar de forma independente dentro do Publicis Groupe no Brasil. Esses dois anos que passou à frente da operação, no Brasil, fazia parte do acordo elaborado entre o brasileiro e os executivos do grupo francês.

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”