>>>>LINK >>> >>>ID >>

Em 2017, mais de 300 contas mudaram de agência

Buscar

Comunicação

Publicidade

Em 2017, mais de 300 contas mudaram de agência

Balanço de conquistas e perdas feito por Meio & Mensagem desde 2011 contabiliza recorde de mudanças monitoradas no ano passado

Alexandre Zaghi Lemos
12 de janeiro de 2018 - 16h30

Publicis e Leo Burnett Tailor Made venceram a mais importante concorrência de 2017, pela conta do Bradesco (Crédito: Reprodução)

As mais de 300 mudanças de agências, entradas de novas marcas no mercado anunciante ou volta à mídia de clientes que estavam ausentes fazem de 2017 o ano de maior movimentação na área de novos negócios desde 2011, quando Meio & Mensagem passou a consolidar anualmente a dança das contas na publicidade brasileira. Nos três anos anteriores, por exemplo, a quantidade de mudanças ficou abaixo de 200: foram 180 em 2016, 190 em 2015 e 150 em 2014.

O ano de 2017 foi bastante agitado no campo minado das concorrências, tanto na esfera privada como na pública. A principal delas foi a de Bradesco, que concentrou sua verba na Publicis Brasil e na Leo Burnett Tailor Made. No campo das licitações públicas, destaques para as mudanças de Secom e Petrobras.

Entretanto, houve ao menos dez concorrências que terminaram com as vitórias das mesmas agências que atendiam as contas anteriormente, promovidas por: Walmart (que manteve a DM9DDB), Mitsubishi e Suzuki (Africa e Ampfy), Bradesco Seguros (AlmapBBDO), Prefeitura de São Paulo (Lua e Nova/SB), Eletrobras (Agência3), Trident (F/Nazca S&S), CNI / Sesi / Senai (Artplan), Azeite Borges (Grupo Raí), Capemisa Seguradora (Binder) e Spotify (CuboCC).

Pelo menos 18 marcas que trocaram de agências em 2016 voltaram a fazê-lo em 2017, sendo um caso curioso o de Giraffas. Em 2016, a rede de fast food trocou a Mood pela Talent Marcel. No ano passado, entregou sua conta para a Mar Comunicação. E, nesta semana, anunciou que a parceira publicitária para 2018 será a Peppery, que já atendia sua conta digital. Ou seja, o anunciante fez três mudanças em três anos.

As informações da tabela abaixo foram prestadas pelas agências e complementadas com pesquisas no arquivo de Meio & Mensagem, e incluem troca de parceiras, concorrências, entradas de novos anunciantes no mercado nacional e lançamentos de empresas e marcas. Em alguns casos, as agências anteriores podem ter deixado de atender os anunciantes citados antes de 2017. O levantamento não faz distinção sobre a natureza do rompimento, se motivado por uma das partes, comum acordo ou concorrência.

Foi considerado o ano do anúncio da conquista ou da publicação da informação pela imprensa e não o de início oficial do atendimento da nova conta. Portanto, não estão incluídos clientes já citados no levantamento anterior, mesmo que o relacionamento tenha efetivamente se iniciado em 2017, como, por exemplo, o caso de Extra com Leo Burnett Tailor Made. Por outro lado, pode ter ocorrido a inclusão de alguma conquista do final de 2016, desde que não tenha sido computada no levantamento anterior. Mudanças e resultados de concorrências anunciados nestas primeiras semanas de 2018 não foram considerados.

 

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Agencias

  • Contas

  • Empresas

  • Negócios

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”