>>>>LINK >>> >>>ID >>

Conar julga (e absolve) “Tampinha” da Vivo

Buscar

Comunicação

Publicidade

Conar julga (e absolve) “Tampinha” da Vivo

Conselho de Ética avaliou a peça que mostra garotinho como youtuber mirim

Bárbara Sacchitiello
9 de março de 2018 - 7h48

Garoto protagoniza campanha da operadora (Crédito: Divulgação)

O fictício youtuber “Tampinha”, personagem de uma campanha da operadora Vivo, não escapou do julgamento do Conar. Em reunião realizada nessa quinta-feira, 8, o Conselho e Ética da entidade avaliou diversos casos de reclamações de campanhas – e, entre elas, a ação da Vivo.

Criada pela Africa, a campanha mostra um garoto que, ao circular pela escola e pelas ruas, é chamado pelas demais crianças de “Tampinha”. Ao chegar em casa, porém, o garoto revela que o apelido é fruto de seu sucesso como youtuber e que seu canal já atingiu a marca de cem mil views. Assista ao filme abaixo:


Com a proposta de discutir a importância da conexão na vida das pessoas, a campanha da Africa acabou sendo alvo de julgamento do Conar. Os conselheiros, porém, avaliar que a mensagem não continha nenhuma linguagem ofensiva ou irregular e isentaram agência e anunciante de qualquer tipo de punição. O comercial da marca pode continuar sendo exibido na TV e em outros canais de mídia sem qualquer alteração.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Africa

  • Campanha

  • Conar

  • Vivo

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”