Com VR, filme leva público para dentro do Cannes Lions

Buscar

Comunicação

Publicidade

Com VR, filme leva público para dentro do Cannes Lions

Criada pela produtora brasileira Asteroide, campanha usa tecnologia imersiva para destacar a preocupação do evento com o tema da inovação

Bárbara Sacchitiello
6 de novembro de 2018 - 13h18

Baterista Morgane Taylor toca em diferentes cenários de Cannes enquanto a câmera revela o Festival e a cidade por vários ângulos (Crédito: Reprodução)

As ruas estreitas da cidade francesa. O carrossel colorido que enfeita a orla. A famosa escadaria do Palais des Festivals. O cobiçado palco da premiação. Esses cenários, conhecidos dos publicitários que frequentam o Festival Internacional de Criatividade de Cannes, podem agora ser visitados por qualquer usuário do YouTube. Para começar a divulgar a edição de 2019 do evento, a Ascential, empresa responsável pelo Cannes Lions, lança a primeira campanha do Festival, que conta com tecnologias imersivas e com assinatura de uma empresa brasileira.

Em uma experiência 360 graus, o vídeo permite que os usuários vejam as paisagens do Palais e de seus arredores por diversos ângulos, tendo como elemento central a apresentação da baterista francesa Morgane Taylor, que toca o instrumento em diferentes cenários de Cannes. O trabalho de produção levou 15 dias para ser concluído. “Tivemos pouco tempo para a pré-produção. Foi o tempo dos parceiros da Mandril Audio (produtora de som responsável pelo trabalho) comporem a trilha. Convidamos a baterista Morgane Taylor, em Nice, na França, e arrumamos as malas para partir. A produção, em si, fizemos nos dias do Festival. A pós-produção levou uns 15 dias. Um pouco mais do que imaginávamos, afinal, ainda é um campo experimental. Não existem certezas”, explica Giuliano Biondi, diretor criativo da Asteroide, produtora de Curitiba escolhida para a campanha de promoção do Festival. Veja o filme:

A proposta de usar a realidade virtual para mostrar um pouco do clima do Cannes Lions partiu da própria produtora, que possui dentro de sua estrutura a Panic Lobster, uma startup de realidade virtual. Junto com a frente de conteúdo original, a Asteroide decidiu criar algo que utilizasse tecnologia imersiva e levou a ideia diretamente à Ascential, proprietária do evento. Com o interesse da organização pelo formato, a Asteroide e a organização definiram o briefing e partiram para a execução do projeto.

A ideia de oferecer um trabalho ao Festival veio após a produtora ter vivenciado dias de glória na edição 2017 do Cannes Lions, quando um trabalho de sua autoria – o case “The Refugee Nation”, criado pela Ogilvy Nova York para a Anistia Internacional, cuja produção foi assinada pela Asteroide – saiu da Riviera Francesa com 18 Leões, entre eles o Grand Prix for Good, prêmio especial destinado a cases que promovam causas importantes para a sociedade. O sucesso do trabalho teve impactos até na edição deste ano do Cannes Lions, rendendo mais um Leão na categoria Creative Effectiveness. Veja:

Agora, para auxiliar o Festival a convidar o público para a edição de 2019, a produtora decidiu fazer uso de um recurso cuja demanda é cada vez mais alta em seu cotidiano. “Tecnologias imersivas vêm ganhando espaço em diferentes áreas da comunicação e a Asteroide já vem investindo em pesquisa e desenvolvimento em mídias e plataformas emergentes. Na área de VR criamos a Panic Lobster, uma plataforma em realidade virtual para ajudar pessoas a desenvolver habilidades de comunicação. As tecnologias adquiridas e masterizadas para permitir a produção da experiência de Cannes vieram desse movimento”, conta Tiago Gavassi, CTO da Asteroide.

Após a realização do primeiro projeto com o Cannes Lions, a empresa de Curitiba espera que a parceria com a organização do Festival possa ser estendida. “Acreditamos na possibilidade de outros projetos serem realizados e estamos conversando com eles. Aliás, já temos uma ideia para 2019”, antecipa Biondi, diretor criativo da Asteroide.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Festival

  • criatividade

  • Campanha

  • Cannes Lions

  • Asteroide

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”