Marcas que saíram do convencional nas placas de campo do futebol

Buscar

Comunicação

Publicidade

Marcas que saíram do convencional nas placas de campo do futebol

Ações exploram formato que durante muito tempo ficou apenas na simples exposição

Renato Rogenski
11 de janeiro de 2019 - 11h51

Crédito: reprodução

Durante algumas décadas as placas de publicidade nos campos de futebol permaneceram estáticas no Brasil, tanto no que se refere ao formato como em relação às alternativas oferecidas em termos de exposição de marca. A tecnologia trouxe novas possibilidades que, aos poucos, são descobertas pelas marcas e empresas de marketing esportivo. Isso não significa, no entanto, que só é possível sair do convencional utilizando ferramentais digitais. Abaixo, algumas iniciativas que mostraram como ir além da simples aparição da marca na propriedade de campo.

Dados em jogo
Na Florida Cup, que começou na última quinta-feira, 10, a Gillette criou placas interativas que mostram dados e estatísticos ao vivo, durante os jogos. A ideia é promover o conceito de precisão das lâminas da marca e ajudar os jogadores a também serem precisos durante as partidas. A criação é da Grey Brasil.

Crédito: divulgação

Siga a bola
Em abril de 2018, durante a final entre Corinthians e Palmeiras, válida pelo Campeonato Paulista, a Nissan colocou em campo uma placa com um dispositivo inédito. O anúncio do modelo Kicks, criado pela Lew’Lara/TBWA, seguia a bola durante a partida, aparecendo sempre em destaque. O objetivo foi promover o conceito Nissan Intelligent Mobility (“Mobilidade Inteligente Nissan”, em tradução livre). A ideia rendeu três Leões no Cannes Lions do ano passado.

Anúncios ou coolers?
Durante uma partida, da Copa São Paulo de 2014, a Gatorade transformou as placas de publicidade do estádio em grandes geladeiras do isotônico. Ao sair do gramado, no intervalo e no final das partida, as portas dos anúncios/coolers eras erguidas para matar a sede e hidratar os jogadores. A criação também foi da Lew’Lara/TBWA.

Imagem: divulgação

Banco da “Reserva”
E não somente as placas de publicidade oferecem alternativas criativas de exposição para os anunciantes, mas também algumas outras propriedades de campo, como os bancos de reserva. Em 2015, por exemplo, a marca “Reserva” decidiu aproveitar o seu nome para tentar uma inserção mais fluída e divertida no estádio.

Imagem: divulgação

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • futebol

  • ações

  • marcas

  • exposição

  • Tempo

  • formato

  • placas

  • campo

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”