Por que a área de Atendimento das agências pode mudar de nome

Buscar

Comunicação

Publicidade

Por que a área de Atendimento das agências pode mudar de nome

Proposta pela Grupo de Atendimento & Negócios, redefinição da área é adotada pela FCB e tende a ser replicada em outras agências

Bárbara Sacchitiello
8 de fevereiro de 2019 - 18h25

Cris Pereira Heal e Elton Longhi, diretores executivos da área de Marcas & negócios (antiga área de Atendimento) da FCB Brasil (Crédito: Reprodução)

Elo entre os anseios dos anunciantes e os trabalhos das agências de publicidade, a área de atendimento está em fase de discussão de sua identidade. Em novembro do ano passado, o então Grupo de Atendimento, entidade que reúne os profissionais da disciplina, anunciou que passaria a adotar a nomenclatura Grupo de Atendimento & Negócios. A ideia, segundo a diretoria, era refletir a transformação pela qual a área do atendimento vem passando, algo que obriga seus profissionais a exercerem outras habilidades e atuarem de forma mais estratégica junto aos clientes. Na ocasião, o grupo encomendou uma pesquisa à PV Studio para compreender os anseios e desafios dos profissionais que atuam na disciplina e, com base nisso, sugeriu a alteração da nomenclatura.

Pela visão do grupo, o que antes era restrito ao “atendimento” ao cliente, hoje exige uma grande compreensão dos processos de gestão, aplicação dos princípios de liderança, entendimento de contextos e desenvolvimento de novas oportunidades de negócios.

Três meses depois da mudança do Grupo de Atendimento & Negócios, a FCB Brasil anuncia que também reformulou a nomenclatura da disciplina, passando a adotar, para a área, o nome de Marcas & Negócios. Liderado por Cris Pereira Heal – que também é vice-presidente do Grupo de Atendimento & Negócios e foi uma das responsáveis pela revisão do conceito da disciplina – e por Elton Longhi, o atendimento da agência também passa a refletir no nome uma nova forma de atuação.

“Mudamos porque temos o desafio de estarmos cada vez mais inteirados com as estratégias dos clientes, suas possíveis alavancas de negócios e também para entender melhor o nosso próprio negócio. É assim que vamos operar e avaliar a performance de nossa turma”, diz Cris, em comunicado.

A reformulação feita pela agência tende a ser replicada em outros players da publicidade nacional, na visão da diretora-executiva de marcas e negócios da FCB. Cris conta que desde a reformulação feita pelo Grupo de Atendimento & Negócios, a entidade vem visitando as agências de publicidade para falar a respeito da necessidade de reavaliar a atuação da área. “Estamos visitando as agências em um road show para explicar o movimento. Aqui na FCB, tivemos todo o apoio do Aurélio Lopes (CEO da agência) e do Pedro Cruz (COO da operação). Edu Lorenzi (presidente da Publicis) nos recebeu também. E várias agências já estão nessa página, como a BETC, Lew’Lara, Bold, Fbiz, VML, Momentum e MullenLowe”, conta Cris.

Além da mudança do nome, faz parte da agenda do Grupo de Atendimento & Negócio a realização de uma série de workshops, cursos e aprimoramento aos profissionais da área a fim de prepara-los para funções de gestão mais estratégica. A razão, de acordo com a entidade, é o fato de muitos dos atuais líderes das agências de publicidade virem da disciplina do atendimento.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Agencias

  • Negócios

  • marcas

  • Clientes

  • Atendimento

  • FCB Brasil

  • Cris Pereira Heal

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”