Pedro Reiss assume como CEO da Wunderman

Buscar

Acontece no meio

Publicidade

Pedro Reiss assume como CEO da Wunderman

O executivo dividia o comando da Fbiz, que também pertence ao Grupo WPP, com o co-CEO Roberto Grosman

Sergio Damasceno Silva
3 de outubro de 2017 - 12h03

Reiss se reportará a Juan Pablo Jurado, que é diretor-executivo regional para a América Latina da Wunderman, que é comandada pelo CEO global Mark Read

Pedro Reiss, que comandou por 11 anos a Fbiz, juntamente com o co-CEO Roberto Grosman, acaba de assumir como CEO da Wunderman Brasil. Ambas as empresas pertencem ao Grupo WPP. Com esse movimento, o CCO Paulo Sanna e o COO Caio Bamberg, que compartilharam interinamente o comando da agência nos últimos três meses, e a vice-presidente de estratégia e negócios Cris Duclos passam a compor o board da operação brasileira. Marcos Quintela, presidente do Grupo Newcomm, sócio da Wunderman no Brasil, ressalta que, com a chegada de Cris Duclos e Pedro Reiss, o time se completa. Na Fbiz, Reiss cuidava mais da gestão interna e Grosman estava à frente da agência para negócios, clientes e trabalhos. Agora, Grosman torna-se o CEO único da Fbiz.

Reiss assume a função em substituição a Eduardo Bicudo que, durante 14 anos, foi presidente da agência e, em junho, saiu para ser o managing director da Accenture Interactive na América Latina. Na Wunderman, Reiss se reportará a Juan Pablo Jurado, que é diretor-executivo regional para a América Latina. A Wunderman mundial é comandada pelo CEO global Mark Read, que também é CEO da WPP Digital. Uma das metas de Reiss é criar mais sinergias com as agências Pmweb, de otimização e gestão de campanhas multicanais, e a KBM, focada em gestão de dados, e avaliar novas aquisições para reforçar o portfólio da agência.

Reiss tem 18 anos de experiência no mercado digital e mobile. Começou a trabalhar em 2000 como estagiário no Fulano.com que criou, no ano seguinte, a Fbiz, inicialmente uma divisão de negócios. Depois de três anos, deixou a Fbiz para trabalhar na Multibrás (atual Whirlpool) e, logo na sequência, na agência de marketing direto Datamidia,FCBi. Em 2006, voltou para a Fbiz como sócio. Em 2011, negociou a aquisição da Fbiz pelo grupo inglês WPP.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Caio Bamberg

  • Cris Duclos

  • Juan Pablo Jurado

  • Marcos Quintela

  • Mark Read

  • Paulo Sanna

  • Pedro Reiss

  • Fbiz

  • Grupo WPP

  • WPP

  • Wunderman

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”