Rocket Internet investe R$ 20 mi na Tricae

Buscar

Marketing

Publicidade

Rocket Internet investe R$ 20 mi na Tricae

Portal de produtos para bebês acirra a disputa com os rivais Bebê Store e Baby.com.br


30 de novembro de 2012 - 8h55

A alemã Rocket Internet, empresa criada em 2007 pelos irmãos Marc, Oliver e Alexander Samwer que se especializaram em replicar na web negócios bem-sucedidos internacionalmente, acaba de injetar recursos da ordem de R$ 20 milhões na Tricae, e-commerce voltado para a venda de produtos para bebês.

Segundo informações do jornal valor Econômico, o aporte segue a movimentação do setor, disputado ainda pela brasileira Bebê Store, que recebeu um investimento de US$ 2,9 milhões do Atomico, fundo criado por Niklas Zennström, cofundador do Skype. Outro rival é a Baby.com.br, que em junho teve o seu caixa reforçado em US$ 16,7 milhões, montante aportado pelos grupos de investimento Accel Partners e Tiger Global.

Lançada há cerca de um ano, a Tricae é hoje um dos principais negócios da Rocket Internet, ao lado da Dafiti (moda), Kanui (produtos esportivos) e Mobly (decoração). Sites de relacionamento, compras coletivas, oportunidades imobiliárias e de pagamento online também fazem parte dos negócios da companhia presidida no Brasil por Eduardo Góes e Rodrigo Sampaio, que se reafirma cada vez mais como um dos expoentes da nova geração do e-commerce brasileiro.

Sob o comando de Gustavo Furtado, a Tricae, que já vende de brinquedos a calçados, puericultura e acessórios, pretende ampliar a oferta de produtos para gestantes e introduzir ainda a venda de alimentos. A expansão é embalada pela busca dos pais em encontrar locais capazes de facilitar a compra de itens infantis.

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”