Spoiler: sabores de Doritos Mystery não estarão no Google

Buscar

Marketing

Publicidade

Spoiler: sabores de Doritos Mystery não estarão no Google

Marca impedirá a revelação dos sabores dos novos salgadinhos em parceria com o site de busca

Thaís Monteiro
21 de março de 2017 - 14h42

Embalagens dos dois sabores do Doritos Mystery (Crédito: Divulgação)

Embalagens dos dois sabores de Doritos Mystery (crédito: divulgação)

A PepsiCo Brasil lançará na próxima segunda-feira, 27, a campanha nova linha da marca de salgadinhos Doritos, denominada “Doritos Mystery”, que passou a ser distribuída em março deste ano. A principal estratégia da ação é confidenciar os dois novos sabores. Assim, em ação de search com o Google, nenhuma pesquisa sobre o tema terá os resultados esperados em torno do sabor. O objetivo, segundo a empresa, é incentivar o boca-a-boca em torno do lançamento.

O nome do produto não revela o bastante, no entanto, a empresa informa que Doritos Mystery terá dois sabores, divididos em cores de pacote diferentes (preto e branco), e com a informação nutricional que cumpra a legislação. Além disso, a foto da mesma tortilha aparece em ambas as embalagens. “O propósito é mexer com os valores conhecidos”, diz Anna Carolina Teixeira, gerente da marca. Segundo ela, o apreço ao inexplorado e a um bom desafio é uma característica do público que a marca quer atingir, os millennials. “O consumidor na faixa de 18 a 24 anos que gosta de coisas completamente fora do padrão”, segundo Anna.

“A pessoa vai procurar [o sabor] mais de uma vez no Google de uma forma diferente. Então a nossa ideia é ativá-lo de maneiras diferente a cada vez que ele procurar em diferentes frases”

Anna Carolina explica que, ao buscar os sabores dos novos salgadinhos, o internauta vai ser notificado de que não os encontrará e, se insistir, será direcionado para o site de Doritos. Ainda que o internauta tente encontrar usando sinônimos não será possível quebrar o segredo. “A pessoa vai procurar [o sabor] mais de uma vez no Google de uma forma diferente. Então a nossa ideia é ativá-lo de maneiras diferente a cada vez que ele procurar em diferentes frases”, diz.

Embora não tenham controle sobre as demais redes e plataformas de busca, a marca promete promover o mistério como uma brincadeira, até no WhatsApp, onde os comerciais da marca vão circular, mesmo que não seja possível medir os resultados. Já que a campanha se situa no digital, para a TV, a PepsiCo prepara um vídeo com a linguagem online, mais dinâmica. De acordo com Anna Carolina, a intenção ao fazer um filme sem locação ou atores — o padrão televisivo —, é chocar o telespectador e apontar a dimensão da internet no atual cenário.

“Doritos é uma marca icônica que gera fluxo, atrai consumidor, relevância e força. Esperamos um dos maiores resultados nesse projeto”

A ideia de não revelar muito sobre o produto em um momento em que os consumidores cobram e fiscalizam cada vez mais informações não é original do Brasil. O mistério já passou por alguns países, mas a diretora assegura originalidade. Os sabores dos produtos no Brasil não serão os mesmos das criações dessa linha em outros países.

Para Anna Carolina Teixeira, essa é uma das maiores ações da marca Doritos e conta com um forte apoio da PepsiCo Brasil. “Doritos é uma marca icônica que gera fluxo, atrai consumidor, relevância e força. Então estamos esperando um dos maiores resultados nesse projeto”, conclui. O produto será vendido pelo preço sugerido de R$ 6,00.

 

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”