Relação de Trump com russos vira piada para Smirnoff

Buscar

Marketing

Publicidade

Relação de Trump com russos vira piada para Smirnoff

Marca de vodka lança anúncios, em Nova Iorque, sobre o juramento do presidente em falar a verdade sobre alegações de intervenção da Rússia nas eleições americanas


13 de junho de 2017 - 16h35

(*) Por E.J. Schultz, do Advertising Age

Donald Trump comprometeu-se em testemunhar, sob juramento, a respeito das alegações de intervenção russa nas eleições americanas. Porém, disto tudo, uma coisa é fato: a marca de vodca Smirnoff não deixou barato e está divertindo-se com a promessa do presidente dos Estados Unidos. Em novos outdoors, a bebida avisa: “feita na América, mas ficaríamos felizes em falar sobre os nossos vínculos russos, sob juramento”.

Segundo um porta-voz da Diageo, os anúncios começaram a surgir, durante este final de semana, e visam atingir pequenas porções da área metropolitana de Nova York, incluindo uma estação de trem em Harlem. “A Smirnoff é feita na América há mais de oito décadas. O recente interesse do público por produtos criados na América é o que gerou uma perfeita oportunidade em reforçar este fato e as raízes da marca na Rússia — o que também está em linha com os assuntos atuais”, afirmou. A agência por trás desta publicidade é a 72andSunny.

Embora a compra de anúncio tenha sido limitada, a Smirnoff está recebendo atenção mundial nas mídias sociais. Esta publicação abaixo, por exemplo, foi retuitada pelo James Thompson, diretor de marketing e inovação norte-americano da Diageo.

 

(crédito: reprodução)

O anúncio é uma referência à afirmação de Trump, feita na semana passada, de que ele estava “100%” disposto em testemunhar, sob juramento, sobre suas conversas com James Comey. A observação veio um dia depois do diretor demitido do FBI ter testemunhado diante de um comitê do Senado para as investigações sobre as alegações de que os russos interferiram nas eleições presidenciais americanas. Comey alegou que o presidente pediu lealdade e o pressionou a recuar numa investigação sobre o antigo conselheiro de segurança nacional Michael Flynn.

Fundada em 1864 por Piotr Arseneevich Smirnov, a Smirnoff, em pouco tempo, “tornou-se um dos mais famosos fabricantes de vodca da Rússia”, de acordo com o site da marca. As garrafas de Smirnoff, vendidas nos Estados Unidos, são feitas em uma fábrica em Plainfield, Illinois.

Tradução: Victória Navarro

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Smirnoff

  • Donald Trump

  • Smirnoff

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”