Vinte sacadas da Netflix que valem ser revistas

Buscar

Marketing

Publicidade

Vinte sacadas da Netflix que valem ser revistas

Plataforma completou duas décadas nesta terça-feira, 29, e descobriu uma persona própria de marca, sobretudo, no ambiente digital

Luiz Gustavo Pacete
30 de agosto de 2017 - 16h08

Na década de 1990, era um serviço de entrega de DVDs que foi desacreditado pela Blockbuster. Hoje é a Netflix, plataforma de streaming que já está presente em mais de 130 países. Nesta terça-feira, 29, a empresa comemorou 20 anos e com um novo desafio: manter o ritmo de investimento em produção própria e lidar com a onda de plataformas independentes que estão surgindo. Nos últimos anos, especificamente, a Netflix conseguiu definir qual seu estilo e sua persona nas redes sociais o que transformou a marca em uma máquina de viralizar. A Netflix não revela as agências que a atendem, no entanto, AKQA, CP+B, Mutato e VML estão por trás de muitos desses cases que valem serem relembrados.

Fábio Jr. Ensanguentado

Xuxa em Stranger Things

O teste de fidelidade com João Kléber

A volta de Gretchen e Rita Cadillac

Edição ilimitada de maconha

Para promover sua série Disjointed, a Netflix lançou uma ação promocional com um conjunto de variedades de maconha inspirado em suas séries mais populares. A The Netflix Collection foi vendida de 25 a 27 de agosto para consumidores do Alternative Herbal Health Services, localizado em West Hollywood, na Califórnia.

Vaza um episódio aí para nós

Na semana retrasada, após ser atacada por crackers que sequestraram várias informações, inclusive capítulos e roteiro da série Game of Thrones, a HBO foi vítima de um erro interno na Espanha que liberou, por engano, o próximo episódio da série no HBO GO. Aproveitando o gancho, a Netflix Brasil provocou a concorrente.

Tá difícil competir!

Em maio, pouco mais de uma hora depois de O Globo ter publicado trechos das delações premiadas de Joesley e Wesley Batista, sócios da JBS, o nome de uma série, House of Cards, e de uma plataforma de streaming, Netflix, lideravam os temas mais comentados no Twitter. Tudo isso ocorreu após um post da conta da série em inglês, fazendo menção aos escândalos políticos no Brasil. Em português, a frase “Tá difícil competir!” chamou a atenção da internet e dos veículos, no Brasil, e no mundo, que estavam cobrindo o caso.

Palmirinha em Orange is The New Black

Tudo por uma estrelinha

Em novembro do ano passado, para promover a terceira temporada de Black Mirror, a Netflix criou um site inspirado no aplicativo do primeiro episódio da terceira temporada, o Nosedive. Na ficção, o aplicativo serve como um método de avaliação que permite à pessoa ter acesso a mais popularidade e privilégios.

Recado da primeira dama

No ritmo das maratonas

Em março deste ano, a Netflix lançou um personal trainer digital que transforma os personagens das séries originais do serviço de streaming em treinadores.

A lente de mentirinha

Para divulgar a série Black Mirror, a Netflix fez um lançamento fictício de um equipamento polêmico. Na sexta-feira, 18, a empresa divulgou um comercial do Netflix Vista, um implante que permite aos usuários assistirem a séries em qualquer lugar. O Netflix Vista é uma brincadeira com o terceiro episódio da primeira temporada, o The Entire History of You. A terceira temporada de Black Mirror estreou em outubro e traz uma visão crítica sobre a tecnologia.

Marcia Fernandes no Sense 8

Assim como nas novelas mexicanas

Inês Brasil no Orange is The New Black

Verão e Narcos no mesmo vídeo

Glauber, ou Got, o tijolo

Capa de revista

Em março de 2016, Veja e Netflix promoveram uma ação conjunta para divulgar o lançamento da quarta temporada da série House of Cards ironizando o momento político do Brasil.

Gifs em outdoor

No lançamento da plataforma na França, em 2014, a agência Ogilvy criou uma campanha em outdoors só com GIFs.

 

13 razões para não sofrer bullying 

Aproveitando a repercussão da série 13 Reasons Why, em abril, a Netflix entrou na discussão sobre bullying e os impactos na vida dos adolescentes.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • blockbuster

  • conteudo

  • fabiojr

  • gretchen

  • houseofcards

  • narcos

  • netflix

  • orangeisthenewblack

  • streaming

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”