>>>>LINK >>> >>>ID >>

Aplicativo abre espaço para profissões inusitadas

Buscar

Marketing

Publicidade

Aplicativo abre espaço para profissões inusitadas

Com a proposta de ser um banco de contratação de profissionais, Helpie conta com ofertas de Papai Noel, piloto de drone e personal tech

Bárbara Sacchitiello
1 de novembro de 2017 - 12h37

(Crédito: Reprodução)

Em tempos de crise econômica, não são poucas as alternativas profissionais que as pessoas buscam para complementar a renda. Com o objetivo de propiciar um encontro entre empresas e profissionais que buscam determinadas tarefas com pessoas especializadas em diferentes tipos de trabalhos, Leandro Gotz decidiu criar uma plataforma de serviços “human to human”.

“Em 2015 tivemos um episódio onde precisávamos de um azulejista em Itapevi. Buscamos pelo Google pois não havia nenhum app ou site de serviços consolidado no mercado. O Google entregou resultados de pessoas anunciando serviços no OLX. A partir disso, notamos uma possibilidade”, conta Gotz, que, junto com outros parceiros, fundou o Helpie, um aplicativo que visa estabelecer conexões entre prestadores de serviços e consumidores finais.

De acordo com o CEO, o principal diferencial do aplicativo, que está em funcionamento desde meados de 2017, é permitir que todas as etapas envolvidas na contratação do serviço (procura por profissionais, contratação, pagamento e avaliação) aconteçam dentro da plataforma. Quem contrata os serviços pode efetuar o pagamento via cartão de crédito. “Somos um aplicativo onde indivíduos colaboram entre si oferecendo e consumindo serviços de qualquer natureza. Nosso projeto conta com dois aplicativos: o vermelho, para os consumidores buscarem profissionais e o azul, para que as pessoas cadastrem seus perfis profissionais e os serviços oferecidos”, explica Gotz.

O modelo de negócio do aplicativo baseia-se em na arrecadação de um percentual do valor cobrado por cada serviço, aos moldes dos aplicativos de transporte, como Uber. Essa taxa varia conforme o prazo de pagamento negociado entre o profissional e o Helpie e pode ser de 12% a 15% do valor do serviço.

Piloto de Drone e Papai Noel
Uma das curiosidades do aplicativo são, na opinião do CEO, os tipos de serviços oferecidos na plataforma. Gotz conta que, atualmente, é possível contratar, pelo Helpie, um Papai Noel, Piloto de Drone, Neto de Aluguel, Personal Tech e outras profissionais não tão comuns. Na opinião do criador da plataforma, o fato de esses tipos de serviços não contarem com áreas próprias para a divulgação acabaram fazendo do Helpie um território mais aberto ao compartilhamento de tarefas inusitadas. “Os profissionais que as exercem veem no Helpie uma grande vitrine para mostrar seu trabalho e aparecer para possíveis clientes. Optamos por manter aberta a árvore de serviços e os cadastros de perfis e profissões passam por nossa área de qualidade, que pode aprovar ou não a atividade oferecida pelo profissional”, diz.

Com atuação na região da Grande São Paulo, o Helpie prevê expandir suas atividades para outras localidades do Brasil em 2018. Atualmente, a plataforma conta com 10 mil profissionais cadastrados, segundo o CEO. “Nossa meta é alcançar 5% dos 80 milhões de smartphones do Brasil em três anos”. Projeta.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • aplicativo

  • Helpie

  • marketing

  • Negócios

  • Serviços

  • tecnologia

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”