2017: o casamento da música pop com as marcas

Buscar

Marketing

Publicidade

2017: o casamento da música pop com as marcas

Em ano marcado pela experimentação de formatos entre o mercado publicitário e cantores, Coca-Cola leva Anitta, Luan Santana, Pabllo Vittar e outros para suas latas

Luiz Gustavo Pacete
4 de dezembro de 2017 - 8h36

 

No ano de 2017, agências e marcas se reaproximaram do mundo da música de uma maneira especial. Com a projeção de Anitta, Pabllo Vittar, Luan Santana e vários outros artistas, agências, áreas de marketing e produtoras sentaram-se juntos, criaram formatos e acumularam cases diferenciados. E como símbolo de um ano em que a música pop esteve tão em alta no radar das marcas, a Coca-Cola está lançando para sua campanha de verão uma série de latas com rostos de vários artistas estampados.

Anitta, Luan Santana, Ludmilla, Pabllo Vittar, Projota, Simone & Simaria, Solange Almeida, Thiaguinho e Valesca Popozuda estampam as novas embalagens de Coca-Cola e Coca-Cola Zero Açúcar, que, além dos rostos dos artistas, trazem trechos de suas músicas. A campanha, segundo a marca, é uma promoção para os fãs que escolherão três artistas para formar um novo feat – ou seja, um trabalho em parceria. No fim de semana passado, inclusive, vários fãs-clubes desses artistas visitaram a fábrica da Coca-Cola, em Jundiaí, interior de São Paulo, e acompanharam a produção das latas com seus artistas preferidos.

 

O projeto foi desenvolvido pela Coca-Cola, em parceria com a JWT e também com a Vevo, que assina a curadoria e gestão artística da campanha. As latas estão começando a chegar ao mercado e o lançamento da campanha está previsto para 26 de dezembro em TV aberta. O resultado da campanha que resultará em um projeto da marca e o artista é fruto de uma maturidade do mercado sobre o fato de que música precisa de cocriação e proximidade.

Fatima Pissarra, general manager da Vevo Brasil, afirma que o principal motivo que tem feito mudar a dinâmica de inserção de marcas em clipes é a disponibilidade que muitos desses artistas possuem em sentar e discutir diretamente roteiros e formatos.

“Há algum tempo estamos falando da importância de o artista se envolver diretamente. Participar das ações, cocriar.” De acordo com a executiva, outra característica importante desses artistas é a natividade digital. “No caso da Anitta, por exemplo, ela entende a dinâmica de seu público-alvo. Uma geração que está acostumada com frequência e conteúdo acessível”, afirma Fatima, ressaltando que a cantora marca uma nova fase do branded content em clipes.

Em entrevista recente ao Meio & Mensagem, Pabllo Vittar, uma das cantoras que aparecem na promoção de Coca-Cola, ressaltou a coragem de muitas marcas de ir além. “Marcas com essa coragem mostram que além do mainstream elas podem agregar algo relevante a todos os públicos e tribos”, defende Pabllo.

Em participação no MaxiMídia, em outubro, Luan Santana afirmou a importância do processo colaborativo entre artistas, agências com um propósito em comum: atender aos fãs que estão em busca de uma relação cada vez mais verdadeira. “Vivemos uma época de verdade e identificação”, afirmou.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Anitta

  • coca=cola

  • digital

  • influencia

  • musica

  • musicapop

  • pabllovittar

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”