>>>>1131 >>> >>>1131 >>

Uma fonte para chamar de sua

Buscar

Marketing

Publicidade

Uma fonte para chamar de sua

Empresas como Coca-Cola, IBM e YouTube investem no desenvolvimento de tipologias próprias para fortalecer identidade visual das marcas em meio a enxurrada de informação sobre os consumidores

Salvador Strano
31 de janeiro de 2018 - 10h00

A Coca-Cola divulgou uma fonte própria no começo deste ano. A novidade estará presente em toda a comunicação da companhia, desde o site até as embalagens de produtos. Recentemente, IBM e YouTube também criaram uma tipografia para chamar de sua. Segundo Mario Narita, CEO da Narita Design, esse movimento é um esforço de companhias para ganhar personalidade, ter uma assinatura única e, ainda, fortalecer a identidade visual das marcas para consumidores que são bombardeados com muitas informações em um período pequeno de tempo.

A TCCC Unity, da Coca, foi projetada pelo escritório interno de design da companhia – em parceria com a Brody Associates – com o desafio de conseguir manter boa taxa de leitura tanto em pequenos aparelhos digitais, como smartphones e tablets, quanto em grandes impressões, como outdoors. Junto com a fonte, a Coca-Cola lançou um aplicativo de celular que explica o processo de criação e concepção da nova tipografia. No app, o vice-presidente de design da companhia, James Sommerville, explica que a fonte é composta por características de diversos períodos históricos da Coca, e afirma que ela será útil para comunicar “a identidade da corporação”.

Nova fonte da Coca-Cola criada em parceria com a Brody Associates (crédito: reprodução)

Trilhando este mesmo caminho, o YouTube buscou inspiração em seu botão “play“ para criar sua fonte: a YouTube Sans – concebida pela agência Saffron. Inicialmente, ela só está no ar na YouTube TV, o serviço de streaming da empresa. Na home de YouTube aberta ao público em geral, a empresa usa a fonte Roboto, que também está em outros produtos do Google.

Ícone do YouTube inspirou fonte (crédito: reprodução)

Criar uma fonte que reflita o espírito de companhias consolidadas é um desafio. A IBM juntou isso a um propósito ainda mais ousado. Substituir uma das fontes mais consagradas do mundo, a Helvética. A nova tipografia foi criada por uma equipe interna da empresa, liderada por Mike Abbink, que já havia desenhado o alfabeto de duas outras empresas: GE, em 2013, e da emissora NBC Universal, em 2011.

Segundo a IBM, a fonte foi criada com o objetivo de comunicar a convergência entre as máquinas tecnológicas e o conhecimento humano, uma das bandeiras da empresa. A IBM também disponibilizou a fonte para download gratuito. “É um tipo muito benfeito. Simples e extremamente legível”, avalia Narita, que considera a escolha de tornar a fonte pública como um “serviço de utilidade pública fantástico”.

Fonte da IBM foi criada com o objetivo de comunicar a convergência entre máquinas e o conhecimento humano (crédito: reprodução)

 

**Créditos do banner background: IBM/reprodução

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Brody Associates

  • coca-cola

  • GE

  • Google

  • Helvética

  • IBM

  • IBM Plex

  • James Sommerville

  • Mario Narita

  • Mike Abbink

  • Narita Design

  • NBC Universal

  • Roboto

  • Saffron

  • TCCC Unity

  • youtube

  • Youtube Sans

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”