>>>>LINK >>> >>>ID >>

Nos EUA, Pepsi resgata glórias da cultura pop

Buscar

Marketing

Publicidade

Nos EUA, Pepsi resgata glórias da cultura pop

Marca cria edição especial de latas com imagens de Michael Jackson, Ray Charles e Britney Spears


15 de maio de 2018 - 7h14

(Crédito: Reprodução/AdAge)

A Pepsi está colocando imagens de ícones da música em suas latas no mercado norte-americano, retomando os dias de glória da cultura pop, ao mesmo tempo em que promove um esforço para ampliar suas vendas. Michael Jackson e Ray Charles estarão à frente de uma edição limitada de embalagens, junto com a cantora Britney Spears.

A nova edição da marca dá continuidade ao conceito “Pepsi Generations”, lançado com um comercial no Super Bowl deste ano, que retomou imagens de campanhas e parcerias clássicas da marca, incluindo aquelas estreladas por Michael Jackson e Britney Spears.

Mas será que a escolha de ícones do passado (com exceção de Britney que, apesar de ainda seguir com a carreira, não está mais no auge) fará com que a marca consiga uma conexão com o atual público jovem?

“A primeira coisa que eu pensei foi que a marca estava mirando um público mais velho, porque os mais jovens estão bebendo menos refrigerante ultimamente”, diz Kit Yarrow, psicólogo do consumo e professor da Golden Gate University, de San Francisco, que estuda os consumidores millenials. Apesar disso, o especialista pontua que a estratégia da marca pode dar certo pelo fato de os jovens também gostaram de elementos retrôs e de a Pepsi ter utilizado imagens de Michael Jackson e de Ray Charles, que são ícones eternos.

O lançamento das embalagens vem em um momento em que a marca enfrenta uma queda de vendas em sua divisão de refrigerantes no mercado norte-americano. No ano passado, a PepsiCo viu as vendas de refrigerantes encolherem 4,5%. A Coca-Cola, grande concorrente, também sofreu uma queda nas vendas, mas um pouco menor: 2%. Ao todo, de acordo com a Beverage Digest, as vendas de refrigerantes caem pelo 13º ano consecutivo.

Michael Jackson, que morreu em 2009, começou a trabalhar com a Pepsi em 1984, como parte da campanha “New Generation” – que ficou famosa por conta de um acidente nas gravações, no qual os cabelos do cantor pegaram fogo. Antes desse lançamento, a Pepsi já havia feito outra ação póstuma com o rei do pop, em 2012, quando a marca inseriu a figura do cantor em um comercial comemorativo aos 25 anos de lançamento do álbum “Bad” e também fez uma edição especial de latas com a figura do cantor.

A PepsiCo não quis comentar detalhes do acordo para a criação dessa nova edição de latas. Em um release, Stacy Taffet, diretora sênior de trademarketing da Pepsi na América do Norte, disse que a continuidade da campanha “Pepsi Generations” mira os consumidores de cada geração e que a música sempre esteve no coração do projeto.
Ray Charles, que morreu em 2004, era bem próximo da marca no início dos anos 90. A canção “You’ve gt the right one baby, uh-huh”, foi utilizada em uma série de comerciais, incluindo um exibido no Super Bowl, em 1991. Já Britney Spears iniciou a parceria com a marca em 2001, com o lançamento de “Joy of Pepsi”. Neste verão, a Pepsi patrocina a turnê “Piece of Me”, da cantora.

Com informações do Advertising Age

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • cultura pop

  • Estados Unidos

  • Internacional

  • pepsi

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”