CEO da Barnes & Noble é mais um executivo a cair

Buscar

Marketing

Publicidade

CEO da Barnes & Noble é mais um executivo a cair

Livraria norte-americana demite Demos Parneros por violar políticas da empresa. Executivos de Nike, Lululemon Athletica e Guess também tiveram demissões polêmicas recentemente


5 de julho de 2018 - 15h35

Do Advertising Age

 

(Crédito: Eric Thayer – Bloomberg/AdAge)

Demos Parneros não é mais CEO da Barnes & Noble. O profissional, demitido por violar as políticas da empresa, saíra do cargo sem indenização. Nesta terça-feira, 3, um porta-voz da empresa recusou-se a dizer o motivo do afastamento do executivo: “Não foi por conta de qualquer desacordo com a companhia. Não há ligação com relatórios financeiros, políticas ou práticas com qualquer potencial de fraude”.

A livraria americana começará uma busca por um novo CEO. Enquanto isso não acontece, a empresa nomeou um grupo de liderança para dividir as funções do cargo, incluindo Allen Lindstrom, diretor financeiro, Tim Mantel, diretor de merchandising, e Carl Hauch, vice-presidente de lojas. Leonard Riggio continua como presente executivo.

Parneros completou seu primeiro ano como CEO no primeiro semestre. Desde que assumiu o comando, em abril do ano passado, as ações da Barnes & Noble tinham caído em mais de 30% até esta última terça-feira, 3, e atingiram o seu ponto mais baixo, nos últimos 25 anos, em março deste ano. Tudo em meio a concorrência acirrada de empresas como a Amazon. O ex-CEO disse, em junho deste ano, que os planos de recuperação levam tempo.

Executivos de alto nível de uma série de empresas de consumo foram demitidos, nos últimos meses, em um cenário de alegações de conduta imprópria – incluindo líderes da Nike, Lululemon Athletica, Guess e Stuart Weitzman (Tapestry). A Barnes & Noble informou que o conselho escolheu encerrar as atividades de Parneros, sob recomendação dos escritórios de advocacia Paul, Weiss, Rifkind e Wharton & Garrison, sem especificar o motivo da ação.

Antes de se tornar CEO, Parneros foi diretor de operações, posto que assumiu em novembro de 2016. Anteriormente, ele ocupou vários cargos de liderança na Staples, fornecedora de materiais de escritório.

(*)Tradução: Victória Navarro

*Crédito da foto no topo: Pixabay/Pexels

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Demos Parneros

  • Allen Lindstrom

  • Leonard Riggio

  • Carl Hauch

  • Tim Mantel

  • Nike

  • Staples

  • Barnes & Noble

  • Lululemon Athletica

  • Guess

  • Tapestry’s Stuart Weitzman

  • Paul

  • Weiss

  • Rifkind

  • Wharton & Garrison

  • Barnes & Noble

  • Demos Parneros

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”