Heineken amplia apoio ao automobilismo com F-E e experiências

Buscar

Marketing

Publicidade

Heineken amplia apoio ao automobilismo com F-E e experiências

Às vésperas do Grande Prêmio do Brasil, marca também leva F-1 para ruas do Rio e Porto Alegre e aposta na modalidade elétrica como o futuro do esporte

Luiz Gustavo Pacete
5 de novembro de 2018 - 8h24

 

Ativação da marca na Praia de Botafogo, neste domingo, 4, com a presença do piloto Felipe Massa (Crédito: Lucas Sá)

Desde que passou a patrocinar a Fórmula 1, em 2016, a holandesa Heineken tinha dois objetivos: utilizar a parceria para reforçar o conceito “When You Drive, Never Drink” e ampliar o target do público fã do esporte, cuja parcela significativa já estava no patrocínio à UEFA Champions League. Em outubro, a marca deu um novo passo nessa plataforma ligada ao automobilismo passando a ser também a patrocinadora da próxima temporada da Fórmula E, categoria de carros elétricos, em ascensão.

Guilherme Retz, gerente da marca Heineken do Brasil, explica que o apoio à Fórmula E amplia ainda mais a estratégia de automobilismo da marca, sobretudo, por ser uma categoria com DNA digital e forte presença entre o público jovem. “Além disso, entendemos que a Fórmula E é a categoria do futuro tendo em vista os investimentos em carros elétricos e passa a ser mais um ativo importante por estar conectada a nossos propósitos e também com as cidades”, diz Retz.

Guilherme Retz, gerente da marca Heineken do Brasil (Crédito: Lucas Sá)

E a chegada da Fórmula E à estratégia da Heineken confirma o esforço que ela já vinha fazendo em aproximar a F1 (as duas categorias não se entendem como concorrentes) para as cidades. No último domingo, 4, a Heineken realizou no Rio o F1 Experience com a presença do piloto Felipe Massa a bordo de uma Willians na Praia de Botafogo e um show com a cantora Preta Gil.

No próximo sábado, 10, a marca repete a dose em Porto Alegre, desta vez, com o piloto Rubens Barrichello e apresentação do Tropkillaz. “Apostar em um projeto tão complexo, mas ao mesmo tempo tão relevante, foi também uma maneira de responder ao fato de não termos um brasileiro na F1 e aproveitar o legado de cada um desses pilotos para levar a experiência do campeonato para os fãs que não vão ao autódromo”, afirma Retz.

O F1 Experience é um evento global da marca e vem sendo realizado em várias cidades que não estão no roteiro oficial da F1, entre elas Hanoi, no Vietnã. Sobre o período da F1 na gestão da Liberty Media, grupo de mídia americano que também investe na FE, Retz reforça que a visão do grupo, sobretudo na comunicação digital, tem sido fundamental para rejuvenescer o torneio e falar diretamente aos jovens. “Eles estão cada vez mais ativos e se formando de forma cada vez mais inovadora”, pontua.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • heineken

  • automobilismo

  • Fórmula 1

  • Fórmula E

  • Felipe Massa

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”