patrocínio »



Ícone da VW, Fusca é relançado no Brasil

Novo Beetle resgata nome antigo, preserva design simbólico e moderniza linhas e motorização

Andrea Martins| »

25 de Setembro de 2012 13:30

Ele voltou! A Volkswagen promoveu nesta segunda-feira, 24, em São Paulo, a avant première do Beetle no Brasil, em um evento que reuniu artistas, jornalistas e o garoto-propaganda da montadora Neymar. O modelo, moderno com linhas retrô, será chamado no mercado nacional de Fusca, resgatando o nome que fez história no setor automotivo brasileiro desde a década de 50.

“Como o Fusca caracterizou a VW durante muitos anos no Brasil, queremos mostrar a modernização e sofisticação da marca através deste novo produto”, destacou Arthur Martins, gerente executivo de marketing da montadora. O compacto deve chegar às concessionárias em novembro. O preço ainda não foi divulgado.

Fabricado no México, o Fusca foi apresentado mundialmente no Salão de Xangai, em abril, com o nome Beetle. A Volkswagen mundial resolveu dar a opção para que os mercado usassem o “apelido” que o carrinho tinha em cada país. Na França, voltou a ser chamado de Coccinelle; Na Itália, Maggiolino. No Brasil não poderia ser diferente e o nome Beetle foi descartado.

“O mercado de carros nostálgicos é um sucesso para muitas marcas. O consumidor aprecia receber um veículo do passado adaptado à tecnologia moderna”, disse Henrique Sampaio, gerente de marketing de produto da empresa. A montadora foca no mercado de nicho, para concorrer com carros pequenos, esportivos e personalizados, como o Audi A1, Citroën DS3 e Mini Cooper.

Um dos desafios dos profissionais da marca alemã foi reinventar um design tão forte e independente, comparável a produtos como a garrafa da Coca-Cola, o iPhone ou os primeiros óculos Ray-ban. A solução do chefe de Design do Grupo Volkswagen, Walter de Silva, e o da marca Volkswagen, Klaus Bischoff, foi resgatar a essência do desenho original, preservando as linhas da parte traseira - praticamente idênticas ao primeiro Fusca – e o painel, com formas e uso da cor na superfície plana que remetem ao original. Até um porta-luvas adicional, cuja tampa se abre para cima, foi adicionado para resgatar o estilo dos anos 50.

Já a motorização é do século 21: concebido para o mercado global, é o Fusca mais potente de todos os tempos, com motor 2.0 turbo, que desenvolve 200 cv de potência, acoplado a um câmbio manual de seis marchas. Ágil, o carrinho acelera de 0 a 100 km/h em apenas 7,3 segundos e alcança a velocidade máxima de 210 km/h.
Para informar os consumidores sobre tantas novidades, a Volkswagen coloca na internet e nas revistas, na época do Salão do Automóvel de São Paulo, em outubro, um teaser do produto. A campanha de pré-lançamento começa em novembro e segue até o final do ano. A partir de janeiro, a campanha para TV aberta entra no ar. O Fusca está entre os automóveis mais bem sucedidos de todos os tempos, com 21,5 milhões de unidades vendidas no mundo, das quais mais de 3 milhões no Brasil.
 

Somente Imagem
+

Painel segue estilo do original, com porta-luvas adicional com tampa que se abre para cima Crédito:Divulgação

 
Somente Imagem
+

Traseira manteve desenho do modelo dos anos 50 Crédito:Divulgação

 

tags

»
comments powered by Disqus