Os quinze anos do Canal Rural

Buscar

Mídia

Publicidade

Os quinze anos do Canal Rural

Emissora do Grupo RBS prepara um ano de comemoração


23 de novembro de 2011 - 8h30

No mês de novembro, o Canal Rural – emissora do Grupo RBS – completa 15 anos de existência, e prepara uma programação especial para comemorar. Segundo Donário Lopes de Almeida, diretor-geral do Canal Rural, muitas novidades aparecerão durante o próximo ano. “Como tem tanta coisa para falar destes quinze anos, e tanta história para contar, tomamos a decisão de fazer um ano comemorativo”, afirma. Desta maneira, o canal prepara o lançamento de um novo site de cotações em seu portal (em janeiro de 2012), além de uma programação especial com reportagens e depoimentos de 15 personalidades que fizeram parte desta história.

Mas a maior novidade é o lançamento de um mobile site do canal, agrupando tudo que ele gera de conteúdo. Segundo Almeida, o objetivo é fazer com que o usuário tenha acesso no celular a tudo aquilo que o canal tem na TV e na internet. “É uma tendência nossa que veio a partir do ano passado, quando começamos a nos ver e apresentar como uma plataforma”, afirma o diretor. “Nós nos entendemos como o maior e mais qualificado gerador de conteúdo do agronegócio e não queremos distribuir este conteúdo relevante apenas pela TV, mas sim num conceito 360º, fazendo com que nosso consumidor possa usufruir dele de diversas formas, onde quer que esteja”, completa.

Crescimento

E em meio à comemoração de aniversário, o Canal Rural também tem outro motivo para comemorar: a grande expansão apresentada durante esta década e meia. Com unidades em Porto Alegre, São Paulo e Brasília – além de sucursais em diversas cidades do País – a emissora acompanhou o crescimento do mercado de agronegócio brasileiro. “Nos sentimos responsáveis pela expansão que houve no setor nos últimos 15 anos, por levar informação e conteúdo relevante para onde o agronegócio acontece”, afirma Almeida.

Com o crescimento na distribuição (atualmente o canal está presente em grande parte do interior do Brasil com 20 milhões de parabólicas, além de ser distribuído pela Net, Sky e Via Embratel), o faturamento também aumentou: segundo Almeida, até 2006 a maior parte da receita do canal vinha da transmissão de eventos de comércio e leilões. “Em 2005, aproximadamente 30% da receita total do canal vinha da publicidade, e hoje já representa mais de metade do faturamento”, explica. E esta mudança se traduz em números: somente neste ano a receita de publicidade do canal cresceu 18%.

E se antes o Canal Rural era conhecido como um canal de comércio, hoje ele se apresenta como alternativa de mídia para as marcas: segundo Almeida, nos últimos anos o foco do canal tem sido em se mostrar como oportunidade para as empresas se comunicarem com os consumidores desta região. “Hoje o agronegócio representa em torno de 37% dos empregos no Brasil, e esses 37% dos empregados também consomem roupas, carros, negócios, etc. O Canal Rural aparece como solução de publicidade para as marcas se comunicarem com este público”, afirma o diretor.  

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”