Mercado cresce 13,89% no trimestre

Buscar

Mídia

Publicidade

Mercado cresce 13,89% no trimestre

Cinema, TV paga e internet registraram maiores altas; TV aberta lidera share, com 65,39% do total


11 de junho de 2012 - 4h26

O investimento publicitário alcançou R$ 6,5 bi entre janeiro e março deste ano e cresceu 13,89% (sem descontar a inflação) em relação ao mesmo período de 2011, revela o Projeto Inter-Meios. O faturamento publicitário no primeiro trimestre do ano passado foi de R$ 5,7 bilhões.

Todos os meios receberam mais investimentos em 2012 do que no ano passado, com destaque para Cinema, que cresceu 38,45%; TV por Assinatura, com 27,14%; Internet, com 24,85% de aumento. Em perspectiva, esses têm sido os meios com os maiores registros de crescimento nos últimos relatórios do Inter-Meios. O menor crescimento foi verificado em Revista, com 0,92%.

A posição das maiores receitas publicitárias e participação no share permanecem inalteradas, com liderança da TV Aberta (65,39%), Jornal (11,93%) e Revista (5,53%). Desde janeiro, o Projeto Inter-Meios registra os investimentos nas operações online dos jornais, que, no trimestre, alcançaram 0,43% do total investido. As menores participações no bolo publicitário são de Cinema (0,26%) e Guias e Listas (0,9%) (veja detalhes no gráfico abaixo).

O Projeto Inter-Meios é um relatório de investimento em mídia no País a partir dos dados de faturamento publicitário fornecidos diretamente pelos veículos. O Meio & Mensagem coordena o projeto. 
wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”