ProPublica lança portal de notícias na dark web

Buscar

Mídia

Publicidade

ProPublica lança portal de notícias na dark web

Organização de jornalismo investigativo é a primeira da grande mídia a criar uma versão na rede Tor


8 de janeiro de 2016 - 5h01

A dark web, área da internet conhecida por permitir conteúdo ilegal, ganhou seu primeiro site de notícias importante esta semana. O ProPublica, organização norte-americana de jornalismo investigativo, anunciou a criação de sua versão oculta na rede The Onion Route (Tor), que hospeda sites não rastreáveis.

O objetivo é garantir que o anonimato de seus visitantes. “Todos devem ter a capacidade de decidir quais os tipos de metadados deixam para trás”, diz Mike Tigas, que trabalhou no desenvolvimento do serviço oculto.

A hospedagem do ProPublica na dark web pode ser o início de uma mudança de perspectiva, que deixa de considerar o ambiente um paraíso de atividades ilícitas e passa a vê-lo como um local que preserva a privacidade. “Ter bons exemplos de sites e outros serviços mostram que o local não é apenas para os criminosos”, diz Tigas.

De acordo com o Wired, o ProPublica também aceita denúncias anônimas em seu servidor SecureDrop, outro serviço oculto da rede Tor.

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”