RBS confirma venda da operação em SC

Buscar

Mídia

Publicidade

RBS confirma venda da operação em SC

Os empresários Carlos Sanchez e Lirio Albino Parisotto, do Grupo NC, e investidores assumirão a marca da RBS em Santa Catarina


7 de março de 2016 - 2h53

O Grupo RBS confirmou a venda de sua operação de mídia em Santa Catarina (SC). O comunicado oficial foi divulgado na tarde desta segunda-feira, 7.

Os empresários Carlos Sanchez e Lirio Albino Parisotto, do grupo NC, e outros investidores assumirão as operações de televisão, rádio e jornal que atuam sob a marca RBS em SC.

Sanchez é dono do laboratório farmacêutico EMS e será o sócio majoritário com 75%. Parisotto, que terá 25% de participação, é médico e investidor em setores variados, como siderurgia, bancos e companhias elétricas, além de ser proprietário da Videolar.

Segundo o comunicado, “os investidores destacaram que a gestão dos negócios seguirá normalmente e a independência editorial será mantida”.

O valor da negociação não foi divulgado, no entanto, estimativas do mercado avaliam que a venda supere R$ 1 bilhão.

Durante a transação, que ainda precisa ser aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), Mario Neves, atual diretor-geral da RBS/SC, será o CEO da nova empresa.

Com a negociação, a RBS pretende focar seus esforços de mídia no Rio Grande do Sul, onde a grupo foi fundado.

Segundo o jornalista Felipe Vieira, as especulações começaram em fevereiro, quando o jornalista Paulo Alceu publicou uma nota sobre a negociação, que foi desmentida pela RBS. A venda da operação de Santa Catarina também foi negada pelo grupo em 5 de fevereiro, em um comunicado divulgado em seu portal.

No fim do ano passado, Eduardo, também usou o espaço para negar que deixaria o comando da empresa, afirmando aos colaboradores que a “informação era falsa e absurda e que boatos desviam a energia e movem em direção à desinformação”.

História

O Grupo RBS foi fundado em 1957 no Rio Grande do Sul por Maurício Sirotsky Sobrinho e chegou a 2016 com oito jornais, entre eles Zero Hora e A Notícia, 24 emissoras de rádios, além de duas emissoras de TV locais. O conglomerado é afiliado à Rede Globo. Nas plataformas digitais, RBS atua com sua empresa e-Bricks, entre outras operações de eventos, gráfica e logística.

No começo deste ano, o presidente do grupo, Eduardo Sirotsky acumulou a presidência do Conselho de Administração. A função era ocupada por Nelson Sirotsky, que continuou como membro do Conselho contribuindo para questões editoriais e institucionais. Eduardo assumiu em 2012.

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”