O que a volta de Biz Stone pode fazer pelo Twitter?

Buscar

Mídia

Publicidade

O que a volta de Biz Stone pode fazer pelo Twitter?

Após seis anos de ausência, cofundador retorna à rede social com a proposta de remodelar a cultura da empresa


17 de maio de 2017 - 10h42

Biz Stone volta à rede social com a missão de remodelar a cultura da companhia (Crédito: Reprodução)

O cofundador do Twitter, Biz Stone, revelou que está retornando à companhia seis anos depois de sua saída. Em seu novo cargo, Stone ficará focado na cultura da rede social – sem substituir nenhum outro executivo ou ocupar a vaga de alguém que está de férias – como ele próprio fez questão de frisar, em post publicado no Medium.

Stone foi convidado a voltar ao Twitter pelo CEO da companhia, Jack Dorsey, outro cofundador que retornou à marca em 2015 após o afastamento de alguns anos. Após o anúncio da volta de Stone, as ações do Twitter tiveram alta.

“É importante que todo mundo compreenda a história completa do Twitter e o papel de cada um de nós nela. Eu irei moldar a experiência internamente para que isso também possa ser sentido do lado de fora da companhia”, disse Biz Stone.

A presença do cofundador pode ajudar a melhorar a imagem do Twitter após alguns anos de problemas administrativos e rodadas de cortes de funcionários. A sede da companhia, em San Francisco, vem lutando para reverter a desaceleração do crescimento de receitas e para impulsionar o número estagnado de usuários.

Biz Stone havia deixado o Twitter em 2011, um tempo antes da abertura do capital da companhia. O próprio executivo relata que, quando levantou a ideia de voltar à companhia, em um encontro com funcionários do Twitter, foi aplaudido. “O mundo precisa do Twitter e ele veio para ficar. Sou muito sortudo por dar um passo de volta e ajudar a moldar este futuro”, escreveu em sua postagem.

Parcerias
Há alguns dias, o Twitter anunciou parceiras com grandes empresas, como a Bloomberg, BuzzFeed News, NBA, NFL, Live Nation e Viacom, o que sinaliza um grande investimento da rede social em conteúdo de vídeo premium. Em entrevista concedida ao Meio & Mensagem, Sergio Floris, diretor de entretenimento do Twitter para a América Latina, ressaltou o quanto essas parcerias têm o poder de incrementar a relação da rede social com marcas.

Com informações do Advertising Age


Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Biz Stone

  • Twitter

  • Internacional

  • Negócios

  • Redes Sociais

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”