As novas habilidades do social media moderno

Buscar

Mídia

Publicidade

As novas habilidades do social media moderno

Função evoluiu do conhecimento sobre plataformas para a compreensão de padrões, foco em integração e visão estratégica

Luiz Gustavo Pacete
18 de setembro de 2017 - 7h22

No início do ano, Meio & Mensagem, em parceria com a consultoria Quero Ser Social Media elencou o que se espera do social media moderno. Diante da rápida evolução da função e do papel estratégico que ela vem ganhando, a Quero Ser Social Media traz uma nova versão das habilidades fundamentais para o social media atual.

“Ao pensar nos desafios do profissional de social media, invariavelmente pensamos nos desafios do profissional de comunicação e marketing, já que, em geral, os profissionais que atuam nessa área são jornalistas/RPs/publicitários/profissionais de marketing”, diz Daniela Miranda, do Quero Ser Social Media.

A importância do contexto
Todo planejamento, estratégias e ações devem levar em consideração o contexto do macro e microambientes da marca. Ter isso em mente é fundamental para contribuir, de fato, com o propósito e objetivos de negócios e comunicação da empresa, bem como gerenciar campanhas de sucesso ou com possível potencial de crise. Acompanhar as questões socioeconômicas e políticas é importante, inclusive para ser oportuno e não oportunista. Se aproveitar de um tema que está em alta ou de um meme pode ser uma baita oportunidade ou uma cilada, e tudo isso depende do contexto e da forma como a questão é abordada no mundo da marca. A Netflix costuma dar uma aula sobre como agir nestes momentos de forma sempre estratégica e muito oportuna.

Dados em insights e capacidade analítica
Em meio a tantos dados e informações, saber gerir todo esse conhecimento e utilizá-lo a favor das marcas é fundamental. Por isso, ter noção de métricas e saber analisar os dados que as ferramentas de analytics, social listening e big/small data disponibilizam é crucial para qualquer profissional. O profissional que sugerir projetos/ações com base em dados e inteligência certamente se destacará.

O valor da integração
Saber transitar pelas áreas que compõem a operação do trabalho, de modo que elas possam atuar de maneira integrada é fundamental. Não tem como pensar em social e digital de forma isolada, é preciso pensar no todo e entender que a comunicação tem de ter unidade e coerência. Entender de gestão de projetos é bem importante também.

Capacidade de envolver e engajar
Estamos na era das conversas e da humanização, logo entender de pessoas é uma das premissas para quem trabalha com comunicação e marketing. Neste caso, buscar conhecimento em disciplinas como antropologia e psicologia pode diferenciar os profissionais.

Tecnologia nunca é demais
Compreender as mudanças que a tecnologia tem proporcionado é crucial para quem trabalha com comunicação e marketing, principalmente, em relação a comportamento e consumo. É muito comum nos depararmos com profissionais que não testam aplicativos, plataformas, redes sociais, que não acompanham as transformações dos mercados. Como esse profissional conseguirá sugerir qualquer novidade ou inovar nos projetos? Experimentação e curiosidade são palavras de ordem. E um ponto importante, não adianta sugerir um chatbot, por exemplo, só porque “tem escutado falar muito”, a tecnologia em questão precisa ter um propósito e objetivo claros para ter efetividade.

Noção em programação (nem que seja básica)
Parece exagero dizer que o profissional de marketing e comunicação precisa saber programar, mas essa é uma habilidade que profissionais de diversas áreas terão de desenvolver. Não estamos falando de saber desenvolver um aplicativo para celular, ou um sistema complexo. Estamos falando de ter noções básicas, tanto para ser crítico e poder analisar um projeto de maneira mais completa, quanto para “se virar” em momentos de aperto. Hoje, por exemplo, um simples e-mail marketing tem de se adaptar a diferentes tipos de tela. Para medir conversões de uma campanha é necessário implantar um código nas páginas do site. Se o profissional não contar com um desenvolvedor ou departamento de TI na empresa que trabalha, ficará exposto a esses tipos de situações. Além de “sair do aperto”, entender de programação pode ajudar o profissional a pensar de maneira mais lógica qualquer situação e pode contribuir de diversas formas no rendimento de um profissional que precisa inovar o tempo todo.

Ter mente aberta, ser explorador e questionador
Preconceito não cabe em nenhum lugar, especialmente na mente do profissional de comunicação e marketing. A busca por referências deve ser constante e não apenas pelos temas que permeiam a área, mas também sobre temáticas que acompanhamos em debates e discussões diariamente como apropriação cultural, representatividade, feminismo, questões de gênero. É com informação e busca constante por referências que conseguiremos ter empatia, discussões construtivas sobre diversos temas e que conseguiremos ter projetos/ações/campanhas que conversam e representam todos.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • digital

  • internet

  • Redes Sociais

  • social media

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”