“A novela chegou no coração das pessoas”

Buscar

Mídia

Publicidade

“A novela chegou no coração das pessoas”

Glória Perez avalia a audiência e a repercussão de “A Força do Querer” e acredita que o público compreendeu sua mensagem sobre a causa transgênero

Bárbara Sacchitiello
20 de outubro de 2017 - 11h03

Gloria Perez acredita que o público compreendeu a mensagem da novela (Crédito: Felipe Monteiro/Divulgação)

No final de março, em entrevista ao Meio Mensagem, Gloria Perez confessou que sua expectativa em relação a sua nova trama, que estrearia três dias depois, era a “melhor possível”. Perto de a Globo exibir o desfecho de “A Força do Querer” é possível afirmar, sem dúvidas, que a impressão da autora se cumpriu.

Com médias de audiências que a emissora não registrava para a trama das 21h desde 2013, o folhetim de Gloria Perez voltou a fazer do horário nobre da TV um espaço valioso para a dramaturgia. “Deu para sentir que a trama chegou no coração das pessoas”, disse a autora em uma nova entrevista concedida ao Meio & Mensagem nesta semana para fazer um balanço de sua obra.

Sobre o bom desempenho da audiência – A Globo não registrava índices tão altos desde a exibição da trama “Amor à Vida”, em 2013 – Gloria conta que preferiu se concentrar mais no trabalho do que nos números ao longo do desenvolvimento da história. “Me concentro em contar uma boa história, que emocione, divirta e convide a pensar. Audiência é consequência. Você tem de estar atento à maneira como o público está escutando o que diz”, relata.

Ao longos dos sete meses em que a novela esteve no ar, Gloria aproveitou as redes sociais para conversar e captar, diretamente do público, as impressões de seu trabalho em tempo real. Na opinião da autora, no entanto, esse feedback também deve ser considerado com certa cautela. “Interagir com as pessoas nas redes sociais é uma medida para avaliar como a sua história está chegando ao público. Mas é preciso filtrar o que se lê nas redes e separar o que é fake do que é real”, pondera.

Atriz Carol Duarte interpretou a transformação de Ivana, que se descobriu transgênero, para Ivan (Crédito: Divulgação: Tv Globo)

Ao fazer um balanço geral da repercussão de “A Força do Querer”, a profissional, que tem no currículo um Emmy Internacional pela trama “Caminho das Índias”, de 2009, vê a conclusão de seu trabalho com satisfação. “Foi uma novela em que tudo fluiu de maneira tranquila. A equipe teve uma conexão imediata que perdurou por todos esses meses. Normalmente, ao final de uma novela, o elenco está muito cansado, mas nesta todos dizem que já estão com saudade. É bonito quando a gente consegue transformar um grande esforço em uma coisa leve”, diz.

Personagem Biga (interpretada por Mariana Xavier) foi uma consultora Natura; marca fez ação de branded content em toda a novela (Crédito: Divulgação)

Merchandising social
Antes da novela estrear, Gloria declarou que tem orgulho de ter introduzido campanhas sociais na teledramaturgia. Com a “Força do Querer”, a mensagem social não ficou somente no âmbito da ficção. A trama da personagem Ivana (que se descobre transgênero e termina a novela como Ivan) inspirou uma campanha publicitária dentro da plataforma “Tudo começa pelo respeito”, com a proposta de abrir os olhos da sociedade para a causa das pessoas transgênero.

Questionada se o público compreendeu a mensagem da maneira que quis transmitir, Gloria acredita que sim. “Sinto esse retorno, a Carol (atriz Carol Duarte, intérprete da personagem Ivana/Ivan) também sente, nossa equipe sente. Pessoas conservadores, que rejeitavam a ideia do transgênero, criaram empatia com Ivana/Ivan e acolheram suas angústias, compreenderam seu drama. E, quando não compreenderam, pelo menos abriram uma porta para compreender. Muitas histórias de vida têm chegado até nós”, conta.

Além de elogios da crítica especializada e o apego do público, a novela que termina nesta sexta-feira também registrou com desempenho comercial. Marcas como Santander, Natura e Ford promoveram ações especiais ao longo da trama, aproveitando a popularidade dos personagens e a aceitação da história.
Pronta para tirar férias após a conclusão do trabalho, Glória diz que vê chances de voltar a concorrer a um novo troféu do Emmy Internacional com “A Força do Querer”. “Potencial nós temos. Vamos torcer!”, declara.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • A Força do Querer

  • Gloria Perez

  • Novelas

  • TV aberta

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”