patrocínio »



Eurocopa 2012: quem ganhou no Twitter?

Se a Espanha levou a taça em campo, qual foi o vencedor do campeonato no microblog?

Sergio Damasceno| »

04 de Julho de 2012 16:20

A Espanha ganhou a Eurocopa duas vezes: no campo de futebol e no campo virtual. Segundo levantamento do Mashable, baseado em dados estatísticos do microblog, a Espanha foi o país mais mencionado no Twitter, com 873 mil menções durante o período em que aconteceu a Eurocopa. A Inglaterra ficou em segundo lugar, com 849 mil tweets, seguida pela Itália (que foi a vice-campeã), com 716 mil tweets.

Entre os jogadores, Cristiano Ronaldo, de Portugal, foi o mais citado, com 270 mil menções, não obstante o fato de Portugal ter sido apenas semifinalista, e não ter jogado na grande final. Outros jogadores bastante citados entre os usuários do Twitter foram Balotelli, da Itália, com 213 mil tweets, e Torres, da Espanha, com 188 mil tweets.

Os temas que mais geraram postagens relacionadas à Eurocopa foram os gols e a atuação dos árbitros. A surpresa é que o post mais retuitado não teve relação direta com jogadores ou personalidades da Eurocopa 2012: o tweet mais replicado foi o do jogador da NBA LeBron James, que cumprimentou a Espanha após a vitória do país, e gerou mais de 9 mil retweets. Ao todo, a Eurocopa 2012 gerou 12 milhões de tweets.

Campo digital

Antes mesmo da Eurocopa 2012 começar, já havia análises do que o evento poderia gerar no mundo digital e a UEFA, associação dos times europeus, trabalhou para que o usuário se conectasse ao campeonato e seus desdobramentos nas redes sociais relacionadas. O maior tráfego, como era se esperar, foi gerado por países como o Reino Unido, Alemanha e Espanha, todos times de ponta da Eurocopa. O destaque foi os EUA estarem na quarta posição geradora de tráfego e chegar, inclusive, a liderar o tráfego global (12,5% do total) para o site da UEFA perto da final.

Entre os países Top Ten, figuraram também a Índia, o Japão e a China. Mas, o Reino Unido manteve a maior parte do tráfego, com 11% do total, em média. A UEFA usou seu site principalmente para atender os países com fusos horários diferentes nos demais continentes e também para permitir a interação com fãs por meio do Twitter e Facebook.

comments powered by Disqus