patrocínio »



SPObras mostra ideias de abrigos de ônibus

Exposição dos protótipos criados pelos dois consórcios acontecem nesta quinta-feira, 20, no Pavilhão de Exposições do Anhembi

Barbara Sacchitiello| »

20 de Setembro de 2012 10:32

Abrigos deverão ser mais modernos e oferecer serviços úteis aos cidadãos
+

Abrigos deverão ser mais modernos e oferecer serviços úteis aos cidadãos Crédito: Arthur Nobre

Após a escolha dos consórcios que terão direito de construir o novo mobiliário urbano da cidade de São Paulo, a Prefeitura da cidade, por meio da SPObras, iniciou o processo de escolha dos protótipos propostas pelas duas empresas habilitadas: PRA SP (formado pela Odebrecht Transport Participações, APMR – Investimentos e Participações Ltda, Rádio e Televisão Bandeirantes de Minas Gerais e Kalitera Engenharia Ltda) e Os Abrigos de São Paulo (formado por JCDecaux do Brasil S.A e JCDecaux Ameriques Holding.

Nesta quinta-feira, 20, os protótipos de abrigos de ônibus idealizados pelos dois consórcios estarão expostos no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo. Representantes da SpObras irão avaliar os modelos e julgar se eles são plausíveis para a estrutura da cidade e se cumprem todas as determinações pré-estabelecidas na licitação.

De acordo com a SPObras esse é o segundo processo de avaliação pelo qual os consórcios passam, após serem aprovados na licitação. Agora, após a avaliação da viabilidade dos modelos de pontos de ônibus, a SPObras irá se atentar as propostas financeiras das empresas – quanto elas se dispõem a repassar à prefeitura pela exploração do mobiliário, que será usado como espaço publicitário, conforme previsto na Lei Cidade Limpa.

A proposta desse projeto de exploração de mobiliário urbano pretende colocar, em toda a cidade de São Paulo, 7.500 abrigos e outros 14.500 pontos de ônibus. Alguns desses serão instalados e outros serão feitos a partir de reformas de estruturas existentes. A ideia é oferecer abrigos mais modernos e confortáveis, com serviços uteis aos cidadãos, como telões que mostram as linhas que por alí circulam, o tempo de espera por cada uma, etc. No início do mês de setembro, quando ouvida pelo Meio & Mensagem em reportagem que abordou o assunto, a SPObras não soube precisar quando o novo mobiliário estará nas ruas, mas acredita que as construções já podem acontecer a partir de janeiro do próximo ano. 

tags

»
comments powered by Disqus