Verizon pagará US$ 4,8 bilhões pelo Yahoo

Buscar
background_yahoo-1

Últimas notícias

Publicidade

Verizon pagará US$ 4,8 bilhões pelo Yahoo

A divisão de internet do grupo será integrada à AOL, comprada em maio do ano passado pela Verizon e a previsão é que a compra seja concluída em 2017

Luiz Gustavo Pacete
25 de julho de 2016 - 9h35

Marissa+Mayer.jpg

Marissa Mayer, CEO do Yahoo

O Yahoo anunciou, na manhã desta segunda-feira, 25, sua aquisição pela Verizon, empresa de telecomunicações americana, por US$ 4,83 bilhões. O negócio inclui apenas a operação de internet já que o Yahoo mantém participação no grupo chinês Alibaba. “O Yahoo possui a paixão compartilhada de criar produtos de mais de 1 bilhão de usuários e vamos continuar fazendo isso”, disse Marissa Mayer, CEO do grupo.

“A compra do Yahoo colocará a Verizon em uma posição altamente competitiva como uma companhia de mídia móvel global, e ajudará a acelerar nossa receita digital com publicidade”, disse, em comunicado, Lowell McAdam, presidente-executivo da Verizon. No ano passado, a Verizon pagou US$ 4,4 bilhões pela AOL. Internamente, Yahoo e AOL serão integrados e ficarão sob a liderança de Marni Walden, presidente de inovação de produto e novos negócios.

O mercado esperava que a notícia fosse dada na semana passada quando a companhia informou um prejuízo de US$ 492 milhões no segundo trimestre. No entanto, em resposta aos investidores, Marissa Mayer afirmou que não tinha nada a declarar sobre a venda. Além da Verizon, também disputava a compra do Yahoo a AT&T.

Marissa Mayer vinha sendo pressionada há mais de um ano pelos acionistas da empresa para que executasse a venda da divisão de internet que não vem dando resultado positivo. Em janeiro deste ano, o fundo Starboard, que reúne importantes investidores do Yahoo, voltou a pressionar a executiva. Em carta, o fundo questionou o desempenho da empresa.

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”