Criadora de “Fearless Girl” enfrenta caso de desigualdade salarial

Buscar

Últimas notícias

Publicidade

Criadora de “Fearless Girl” enfrenta caso de desigualdade salarial

Um dos bancos filiados à Street State Corp terá de pagar indenização à 300 funcionárias por desigualdade na remuneração


6 de outubro de 2017 - 12h35

Fearless Girl é uma das campanhas mais premiadas de 2017 (Crédito: Divulgação)

A State Street Corp., entidade que reúne as empresas financeiras de Wall Street – e que ficou famosa pela criação da estátua “Fearless Girl”, considerada a big idea deste ano no Cannes Lions – está envolvida em um problema interno que, ironicamente, tentou combater com sua campanha: discrepância salarial entre homens e mulheres.

Um dos bancos pertencentes à associação passou por uma auditoria que detectou diferença de salários entre homens e mulheres que ocupavam posições importantes no board da companhia financeira. De acordo com a Bloomberg, as divergências vinham acontecendo desde 2010. Após a conclusão da auditoria, a própria State Street Corp. passou a cobrar o banco por uma solução do caso. Após negociações, foi estipulado que o banco pagará uma indenização de US$ 5 milhões a mais de 300 mulheres que foram prejudicadas pela falta de equidade salarial.

Em declaração feita a Bloomberg, o banco disse que avalia continuamente seus processos para garantir que não haja discriminação e defendeu a atuação da State Street, declarando que a associação está empenhada em disseminar práticas de igualdade de remuneração.

Segundo a Bloomberg e o portal The Drum, a acusação traz certo constrangimento para a State Street, que vem atuando justamente para propagar a importância de ampliar as lideranças femininas e condições mais igualitárias em empresas do setor financeiro. Com a campanha “Fearless Girl”, a associação conseguiu arrecadar fundos de incentivo para empresas que deem preferência à contratação e promoção de mulheres para cargos de liderança.

Criada pela McCann de Nova York, “Fearless Girl” foi uma das campanhas mais premiadas de 2017 e foi a grande vencedora do Cannes Lions, de onde saiu com o Grand Prix de Titanium além de dezenas de outros troféus.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Equidade de gênero

  • Feraless Girl

  • McCann Nova York

  • Mulheres

  • Publicidade

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”