SportsCenter, da ESPN, terá versão no Snapchat

Buscar

Últimas notícias

Publicidade

SportsCenter, da ESPN, terá versão no Snapchat

A rede de conteúdo esportivo assinou contrato de dois anos com a plataforma; renda de anúncios será dividida


13 de novembro de 2017 - 14h15

A ESPN dos Estados Unidos começa a transmitir uma versão do SportsCenter, seu principal programa, pelo Snapchat. Durante a semana, duas versões diárias serão exibidas na rede social e, aos finais de semana, uma por dia.

A ESPN venderá anúncios dentro da plataforma e dividirá a receita com o Snapchat. O acordo possui um prazo de dois anos conforme contrato assinado por ambos.

Essa é a primeira parceria entre um canal esportivo e o Snapchat para transmissões diárias. Outras produtoras já realizaram o mesmo tipo de formato com a rede social. No Brasil, a Globo utilizou o aplicativo como parte de sua cobertura da Rio 2016. Nos EUA,  a NBC e a CNN também transmitem “snapjornais” diários.

Com baixo desempenho financeiro, a Snap, dona do aplicativo, vem sendo pressionada por investidores. Na semana passada, a empresa teve 12% de suas ações vendidas à chinesa Tencent, dona do WeChaT. Uma provável reformulação, que deve ocorrer ainda este ano, também trouxe incertezas sobre seu futuro. As parcerias com grandes produtoras de conteúdo são estratégicas para o Snapchat, já que atraem investimentos de marcas.

*Com informações do Adage

 

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • ESPN

  • Snapchat

  • SportsCenter

  • Tencent

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”