Stories no Google e outros trends da quarta-feira 14/02

Buscar

Últimas notícias

Publicidade

Stories no Google e outros trends da quarta-feira 14/02

Os robôs atletas das Olimpíadas de Inverno, Amazon amplia base logística no Brasil e Instagram avisa quem teve o stories printado


14 de fevereiro de 2018 - 8h47

O Google lançou nesta terça-feira, 13, o AMP Stories. A partir de agora, na versão mobile de buscas, o navegador permitirá a exibição em formato semelhante ao do Snapchat e Instagram. Majoritariamente, o conteúdo nesta funcionalidade será de empresas como  CNN, Mashable, Vox Media, Cosmopolitan, Wired e Washington Post.

As Olimpíadas de Inverno, que ocorrem em Pyeongchang , na Coréia do Sul, além de seu potencial esportivo, também serviram para exibir a capacidade tecnológica daquele país. Em paralelo aos jogos, ocorre o “Edge of Robot: Ski Robot Challenge”, torneio onde oito equipes de robótica disputam um prêmio de US$ 10 mil.

A Amazon estreou no Brasil em 2012 com a venda de livros, mas foi somente no ano passado que ela entrou em outros segmentos. Agora, segundo a Reuters, a empresa está ampliando sua base logística transferindo suas operações para os galpões da Prologis, localizadas no município de Cajamar, a cinquenta quilômetros da capital paulista.

Susan Wojcicki, atual CEO do YouTube, fez uma provocação ao Facebook nesta terça-feira, 13. Ao participar de um evento, Susan comentou o propósito do Facebook de tornar-se uma plataforma de vídeos e afirmou que o Facebook deveria voltar suas atenções a “fotos de bebês” em alusão às mudanças recentes que privilegiam conteúdo pessoal na plataforma. 

O Instagram começou a avisar usuários que tenham seus stories printados. A partir de agora, para saber quem tirou uma cópia do stories basta tocar sobre a publicação e identificar por meio da funcionalidade “visto por”.

O movimento Lean In, fundador por Sheryl Sandberg, diretora de operações do Facebook, lançou uma campanha para incentivar homens a serem mentores de mulheres no ambiente de trabalho: a #MentorHer.

A adaptação para os cinemas de Peter Rabbit levou a Sony a se desculpar pelas denúncias de que uma das cenas do filme faz piada com questões relacionadas à alergia alimentar. A repercussão deu origem à hashtag #boycottpeterrabbit e uma petição online que exigia um pedido de desculpas.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • amazon

  • Facebook

  • instagram

  • sony

  • youtube

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”