Edição de março da GQ é produzida por mulheres

Buscar

Últimas notícias

Publicidade

Edição de março da GQ é produzida por mulheres

Revista tem como editora convidada a roteirista Antonia Pellegrino, e adota visão feminista sobre o homem monderno


8 de março de 2018 - 17h20

Crédito: Cassia Tabatini

Na edição de março da GQ, publicação da Globo/Condé Nast dirigida ao “homem moderno”, adota a visão da mulher feminista sobre o universo masculino. A revista é produzida por mulheres, e tem como editora convidada a roteirista Antonia Pellegrino. Ao todo, são quatro capas com atrizes diferentes: Taís Araújo, Leandra Leal, Camila Pitanga e Bruna Linzmeyer.

“A partir do trabalho nesta edição, estamos rediscutindo nosso papel como marca masculina, entendendo o que cabe e o que não cabe mais em uma revista do nosso segmento”, afirmou Ricardo Franca Cruz, diretor de redação da GQ, em comunicado à imprensa.

 

*crédito da imagem no topo: oatawa/iStock

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • GQ

  • Taís Araújo

  • Globo/Condé Nast

  • Antonia Pellegrino

  • Leandra Leal

  • Camila Pitanga

  • Bruna Linzmeyer

  • Ricardo Franca Cruz

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”