>>>>LINK >>> >>>ID >>

Acionistas pressionam WPP sobre saída de Sorrell

Buscar

Últimas notícias

Publicidade

Acionistas pressionam WPP sobre saída de Sorrell

Durante reunião anual em Londres nesta quarta-feira, 13, Roberto Quarta, chairman da holding, teve de justificar rescisão paga ao ex-CEO


13 de junho de 2018 - 18h12

O WPP enfrentou uma sabatina de seus acionistas durante reunião anual em Londres nesta quarta-feira, 13. Eles questionaram se a holding deveria ter pago a rescisão ao ex-CEO Martin Sorrell, já que o executivo saiu sob investigações e, no último final de semana, foram publicadas reportagens no Finacial Times e no Wall Street Journal dizendo que ele teria utilizado os recursos da companhia com prostituição.

Quase 30% dos acionistas votaram contra a remuneração de 1,65 milhão de euros que será dada a Sorrell, mas o resultado final da votação será divulgado em breve. O chairman executivo Roberto Quarta foi reeleito com 83% dos votos a favor de sua permanência. Durante o evento, Quarta disse que nada mais poderia ser revelado em termos legais sobre os motivos pelos quais Sorrell deixou o WPP.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Martin Sorrell

  • wpp

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”