Coty investe na divulgação de sua linha profissional

Buscar

Últimas notícias

Publicidade

Coty investe na divulgação de sua linha profissional

Campanha #TriboSebastian utiliza influenciadores para aproximar do público a marca Sebastian Professional


8 de agosto de 2018 - 13h27

O estilista Felipe Fanaia entre os participantes da ação (Crédito: Divulgação)

Além de divulgar a marca Sebastian Professional em seu Instagram, recém-criado, e no Facebook, um grupo de influenciadores também divulgará a linha profissional da Coty no Brasil em suas próprias redes sociais.

Batizada #TriboSebastian, a campanha digital conta com a participação das atrizes Julia Faria e Michelle Batista, do estilista Felipe Fanaia, do fotógrafo Raul Aragão e do cabelereiro Willy Morales.

Estilo de pessoas como a atriz Julia Faria atraiu a marca (Crédito: Divulgação)

A escolha foi justificada pelo estilo dos personagens, que tem características comuns à da marca: irreverente, questionadora, criativa e ousada. Guilherme Lima, general manager da divisão de produtos profissionais da Coty para a América Latina, afirmou em comunicado que o objetivo é fazer o público se identificar não apenas com os produtos, mas também com a marca. E conta com o estilo de vida dos influenciadores em questão para construir essa conexão.

 

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Michelle Batista

  • Guilherme Lima

  • Julia Faria

  • Felipe Fanaia

  • Raul Aragão

  • Willy Moraes

  • Coty

  • Sebastian Professional

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”