Estudo mapeia engajamento de brasileiros com música

Buscar

Últimas notícias

Publicidade

Estudo mapeia engajamento de brasileiros com música

Segundo Universal Music, 41% dos ouvintes do Brasil gostam de anúncios em que participam seus cantores ou bandas favoritos


23 de novembro de 2018 - 12h16

Oito em cada dez brasileiros têm grande paixão por música, 36% são mais propensos a comprar produtos de marcas que patrocinam eventos ao vivo, e 41% gostam de assistir a anúncios com suas celebridades preferidas. Os dados são de uma pesquisa global da Universal Music, divulgada nesta quinta-feira, 22, e realizada em dez países pelo departamento de insights da gravadora.

O interesse dos brasileiros por música, segundo o estudo, é maior do que a média global e mais representativo até do que em países com uma indústria musical mais estabelecida, como Estados Unidos, Canadá e Reino Unido. O levantamento identificou que os gêneros mais ouvidos por streaming no Brasil são sertanejo, funk e pop.

A metodologia também mapeou os principais momentos de consumo de música dos brasileiros: 66% deles gostam de ouvir canções nos momentos de descanso. Além disso, 58% escutam música enquanto fazem tarefas domésticas e 48% gostam de ouvir canções no caminho para o trabalho. Mais da metade também gostam de ouvir músicas no trânsito e em reuniões com amigos.

A pesquisa foi realizada pela internet com fãs de música em todo o País durante o primeiro semestre de 2018.

 

 

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • música

  • Universal Music Brasil

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”