?Pôneis Malditos? ganha prêmio na Inglaterra

Buscar

Comunicação

Publicidade

?Pôneis Malditos? ganha prêmio na Inglaterra

'Abap inglesa' concede Prata a case da Lew?Lara\TBWA para Nissan e destaca eficácia da campanha que alavancou presença da marca no mercado brasileiro


30 de outubro de 2012 - 7h55

Premiados na segunda-feira, 29, com 2 Ouros e 1 Prata no Effie Brasil (leia mais aqui), os cases da Lew’Lara\TBWA relacionados ao reposicionamento da Nissan no mercado brasileiro (que inclui o hit “Pôneis Malditos”), mereceram reconhecimento do Institute of Practitioners in Advertising (IPA), a Abap inglesa, em seu prêmio de eficácia – o IPA Effectiveness Awards 2012. O case que resume o esforço para melhorar a percepção de marca no País mereceu uma Prata, a exemplo do registrado por "Pôneis Malditos" no Effie.

De acordo com o veredito dos jurados, “apesar de investir três vezes menos que seus competidores, este case mostra como num mercado tão competitivo quanto o automobilístico as marcas ainda podem usar formas fantásticas de comunicação para se sobressair; saltar de 1% para 4% de share de mercado num espaço tão curto de tempo é uma conquista inspiradora”.

O trabalho para a Nissan tem garantido uma série de prêmios para a agência. Além do Effie e do IPA Effectiveness Awards, na última semana "Pôneis Malditos" ganhou Ouro no Jay Chiat Awards 2012 na categoria Social Media Strategy (leia mais aqui). Em abril, foi premiado também no Wave Festival com um Bronze em Film.

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”