Time Warner escolhe nova agência

Buscar

Comunicação

Publicidade

Time Warner escolhe nova agência

Depois de 12 anos na Ogilvy & Mather, conta publicitária da operadora norte-americana deve ir para a carteira da DDB de Nova York


12 de fevereiro de 2016 - 12h20

A Time Warner Cable irá entregar sua conta publicitária para uma nova agência. Depois de 12 anos na carteira da Ogilvy & Mather, dos Estados Unidos, a companhia realiza uma concorrência que, de acordo com o Advertising Age, tende a terminar com a escolha da DDB de Nova York.
Também participam da disputa a Eleven, sediada em São Francisco e a Leo Burnett. A atual detentora da conta não participa do processo.

Para a DDB, a nova conquista viria em um bom momento. A DDB Chicago foi escolhida para fazer os trabalhos de publicidade do Alpha Romeo, da Fiat Chrysler, e também criou um comercial para o Jeep no Super Bowl. Se for concretizada, a conquista da Time Warner seria a primeira sob a liderança de Wendy Clark, que assumiu o posto de CEO da DDB para a América do Norte em janeiro. Desde 2008, ela atuava no marketing da Coca-Cola na mesma região.

Entre as atribuições da nova agência da Time Warner devem estar os esforços para melhorar a percepção da marca, uma questão comum para as empresas de TV a cabo. A companhia, entretanto, teve um crescimento no número de assinantes em 2015, tendo adicionado 32 mil novos clientes – o maior aumento desde 2006.

Segundo a Kantar Media, a Time Warner Cable investiu US$ 188 milhões em compra de mídia no ano passado. Em 2014, o investimento havia sido maior: US$ 245 milhões.

Com informações do Advertising Age. 

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”