Leroy Merlin muda conceito em estreia da FCB Brasil

Buscar

Comunicação

Publicidade

Leroy Merlin muda conceito em estreia da FCB Brasil

Mote “Casa de verdade” é substituído por “Bem o que eu precisava”, apresentado em ação que engloba TV, rádio e digital

Amanda Schnaider
26 de junho de 2019 - 12h37

Campanha pretende mostrar que a rede oferece o que o consumidor busca num conceito multiplataforma (crédito: divulgação)

Há três anos com o mote “Casa de verdade”, a Leroy Merlin altera seu posicionamento para “Bem o que eu precisava”, com a estreia da primeira campanha da FCB Brasil como agência da companhia, que atuava com a Tribal Worldwide até o ano passado.

Segundo Paulo José, diretor de comunicação da empresa, a campanha que englobará TV (veja o comercial abaixo), rádio e digital, vem para mostrar que a Leroy Merlin oferece tudo o que o cliente procura em um conceito multiplataforma, com e-commerce e marketplace integrados.

”Há três anos estamos tendo incremento publicitário, ano após ano. Não queremos somente gerar vendas, mas sim fidelizar o consumidor. Logo, o caminho é chegar no cliente com conteúdo relevante e com propósito. O investimento vem mudando, migrando de mídias tradicionais para digitais, mas também para geração de conteúdo relevante orgânico”, explica Paulo.

A rede abrirá uma loja física em Vitória, no Espírito Santo, até o final deste ano, totalizando 42 unidades em todo o Brasil.

Crédito da imagem do topo: divulgação

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • paulo jose

  • FCB Brasil

  • Leroy Merlin

  • Tribal Worldwide

  • Publicidade

  • Campanha

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”