R/GA desiste de contratação de Daniel Pérez Pallares

Buscar

Comunicação

Publicidade

R/GA desiste de contratação de Daniel Pérez Pallares

Agência diz ter tomado a decisão em comum acordo com o profissional, após relatos de redator sobre assédio moral

Renato Rogenski
17 de dezembro de 2020 - 12h22

A R/GA decidiu não seguir adiante com a contratação de Daniel Pérez Pallares. Conforme noticiado por Meio & Mensagem na última edição do ano, com data de 14 de dezembro, a agência havia anunciado o criativo para o posto de diretor executivo de criação da agência. A empresa diz ter tomado a decisão em comum acordo com o profissional. O fato aconteceu após um relato do redator Flávio Ferri, que trabalha na Publicis, sobre Daniel. O publicitário diz ter sofrido assédio moral quando ambos trabalharam no escritório paulistano da Grey, em 2013. O texto foi publicado no site do Clube de Criação, com comentários sobre o assunto nas redes sociais do redator.

Antes de se reunir para debater a questão com o profissional, lideranças da agência conversaram com pessoas de sua confiança a respeito da denúncia. A avaliação é de que o mais importante agora é conversar internamente sobre o assunto com seus colaboradores. Por meio de seu CEO, Fabiano Coura, a agência afirmou que “a prioridade absoluta nesse momento é dar todo esclarecimento e conforto possível para seu time”.

A reportagem está tentando contato com Daniel Pérez Pallares. Esta seria a segunda vez do equatoriano no mercado brasileiro: entre 2013 e 2015 trabalhou como diretor executivo de criação da Grey Brasil e, posteriormente, exerceu a função na agência Maria São Paulo por dez meses. Também trabalhou em outros países, como EUA e México.

*Crédito da imagem de topo: audioundwerbung/iStock

Publicidade

Compartilhe