Wilson Mateos e Marcelo Siqueira inauguram 11:11

Buscar

Comunicação

Publicidade

Wilson Mateos e Marcelo Siqueira inauguram 11:11

Creative shop já possui um portfólio com projetos para Amaro, Danone, Honda, Mãe Terra e Unilever

Carolina Huertas
29 de março de 2021 - 8h01

Wilson Mateos e Marcelo Siqueira focam no processo criativo com a 11:11 (Crédito: Divulgação)

Fugindo da estrutura tradicional das agências de publicidade, os sócios Wilson Mateos e Marcelo Siqueira, que aturam juntos em agências como AlmapBBDO, DM9DDB e Lew’Lara\TBWA, oficializam a chegada da 11:11 ao mercado. Inspirados na ideia de que ao ver os números no relógio, é possível mudar o mundo a partir dos seus pensamentos, decidiram tentar algo diferente: entregar aos clientes projetos inovadores com foco no processo criativo. 

Nós ouvíamos que a criação é commodity, sentíamos que ela estava perdendo espaço nas agências. A ideia foi realmente sair do tradicional e provar uma tese que tínhamos em comum: a criatividade importa, a ideia ainda é uma coisa especial e rara que pode mudar marcas de uma hora para outra”, explica Mateos, que acumula passagens também por Leo Burnett, Neogama/BBH, F/Nazca S&S, Y&R, CuboCC, 180LA e David & Goilath (as duas últimas em Los Angeles). 

Os criativos passaram o último ano em uma fase beta, testando a nova estrutura e captando clientes que já os conheciam e queriam trabalhar com eles novamente. Neste período, criaram 25 projetos para 13 clientes diferentes, entre eles marcas da Unilever, Amaro, Danone, Honda, Luxottica/ Óticas Carol, Mãe Terra, Mosaic Fertilizantes e Pucmed, produtora uruguaia de cannabis medicinal. 

Um dos diferenciais da boutique é oferecer versatilidade ao cliente, sem amarras ou formatos. É possível trabalhar com agências in-house, setores de criatividade internos, parceiros que as marcas queiram trazer e até mesmo com agências de modelo tradicional. Para eles, o reposicionamento de marca que foi feito com a Amaro é um excelente exemplo do um novo formato. 

Amaro tem uma agência interna e tem a Luciana Cardoso que é uma grande parceira nossa como diretora criativa. Então, nos juntamos, chamamos ainda mais duas super criativas, Juliana Uchoa e Elisa Gorgatti, e criamos um time pra resolver aquele problema momentâneo, é muito legal isso. É um negócio que esse novo mundo de possibilidades está gerando e queremos surfar essa onda,” conta Siqueira, que já atuou também nas agências Talent, F/Nazca S&S, Fbiz e Havas. 

Sem departamento de compra de mídia, a remuneração da 11:11 também acontece de forma diferente, cobrando a partir do escopo do projeto e por hora homem, com uma base de cálculo que criaram, explica Mateos. “Ao vermos o que o cliente quer, o tamanho, o tipo de profissional que vamos acoplar, cobramos exatamente isso do cliente, sem gordura, sem nada, todo projeto é feito sob medida para cada necessidade.” 

*Credito da imagem de topo: piranka/iStock

Publicidade

Compartilhe